Your browser doesn't support javascript.
loading
Mostrar: 20 | 50 | 100
Resultados 1 - 20 de 33
Filtrar
Mais filtros

Intervalo de ano de publicação
1.
Braz. j. biol ; 81(4): 99-103, Oct.-Dec. 2021. graf, tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1468414

Resumo

Abstract Nowadays food borne illness is most common in people due to their epidemic nature. These diseases affect the human digestive system through bacteria, viruses and parasites. The agents of illness are transmitted in our body through various types of food items, water and uncooked. Pathogens show drastic changes in immunosuppressant people. This review gives general insights to harmful microbial life. Pakistan is a developed country and because of its improper food management, a lot of gastrointestinal problems are noted in many patients. Bacteria are most common agents to spread diarrhoea, villi infection, constipation and dysenteric disease in human and induce the rejection of organ transplant. Enhancement of their lifestyle, properly cooked food should be used and to overcome the outbreak of the diseases.


Resumo Hoje em dia, as doenças transmitidas por alimentos são mais comuns em pessoas devido à sua natureza epidêmica. Essas doenças afetam o sistema digestivo humano por meio de bactérias, vírus e parasitas. Os agentes das doenças são transmitidos em nosso corpo por meio de diversos tipos de alimentos, água e crus. Os patógenos mostram mudanças drásticas em pessoas imunossupressoras. Esta revisão fornece uma visão geral da vida microbiana prejudicial. O Paquistão é um país desenvolvido e, devido ao seu manejo alimentar inadequado, muitos problemas gastrointestinais são observados em muitos pacientes. As bactérias são os agentes mais comuns para espalhar diarreia, infecção de vilosidades, obstipação e doença disentérica em humanos e induzem a rejeição de transplantes de órgãos. Melhoria de seu estilo de vida, alimentos devidamente cozidos devem ser utilizados e para superar o aparecimento de doenças.


Assuntos
Microbiologia de Alimentos , Parasitologia de Alimentos , Prevenção de Doenças
2.
Braz. J. Biol. ; 81(4): 99-103, out.-dez. 2021. graf, tab, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31535

Resumo

Abstract Nowadays food borne illness is most common in people due to their epidemic nature. These diseases affect the human digestive system through bacteria, viruses and parasites. The agents of illness are transmitted in our body through various types of food items, water and uncooked. Pathogens show drastic changes in immunosuppressant people. This review gives general insights to harmful microbial life. Pakistan is a developed country and because of its improper food management, a lot of gastrointestinal problems are noted in many patients. Bacteria are most common agents to spread diarrhoea, villi infection, constipation and dysenteric disease in human and induce the rejection of organ transplant. Enhancement of their lifestyle, properly cooked food should be used and to overcome the outbreak of the diseases.(AU)


Resumo Hoje em dia, as doenças transmitidas por alimentos são mais comuns em pessoas devido à sua natureza epidêmica. Essas doenças afetam o sistema digestivo humano por meio de bactérias, vírus e parasitas. Os agentes das doenças são transmitidos em nosso corpo por meio de diversos tipos de alimentos, água e crus. Os patógenos mostram mudanças drásticas em pessoas imunossupressoras. Esta revisão fornece uma visão geral da vida microbiana prejudicial. O Paquistão é um país desenvolvido e, devido ao seu manejo alimentar inadequado, muitos problemas gastrointestinais são observados em muitos pacientes. As bactérias são os agentes mais comuns para espalhar diarreia, infecção de vilosidades, obstipação e doença disentérica em humanos e induzem a rejeição de transplantes de órgãos. Melhoria de seu estilo de vida, alimentos devidamente cozidos devem ser utilizados e para superar o aparecimento de doenças.(AU)


Assuntos
Parasitologia de Alimentos , Microbiologia de Alimentos , Prevenção de Doenças
3.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1489064

Resumo

Este trabalho objetivou descrever uma investigação de surto de intoxicação alimentar em um eventorealizadonomunicípiodeCampinas,SãoPaulo,avaliandoaspossíveiscausaseidentificandoosagentes etiológicos. Para isso, foram analisados documentos utilizados na investigação epidemiológica (entrevista com comensais), sanitária (roteiro de inspeção sanitária baseado nas legislações vigentes) e laboratorial(análisesdealimentosedematerialclínicodetrêspacientes).Ainvestigaçãoepidemiológicamostrou se tratar de uma intoxicação alimentar, ao passo que a investigação sanitária revelou uma sériedeirregularidadesnaempresaprodutoradosalimentos,comoporexemplo,ausênciadelicençadefuncionamento,exposiçãodosalimentosatemperaturasinadequadasecondiçõeshigiênicasambientais insatisfatórias, sendo essas últimas condições que favorecem e facilitam a multiplicação de agentespatogênicos.Ainvestigaçãolaboratorialconfirmouosagentesbacterianossuspeitosdecausarosurto (Bacillus cereus e Staphylococcus aureus) a partir de amostras de sobras de esfiha de carne ede torta de legumes, sustentando as suspeitas obtidas nas investigações sanitária e epidemiológica.Oêxitodestainvestigaçãosedeuapartirdaaçãointegradadediferentesespecialidadesoficiais,emesforçomútuoparaelucidarascausasdaocorrênciaeaconfirmaçãoetiológica,subsidiandoasaçõespolíticas de prevenção das doenças transmitidas por alimentos.


This work aimed to describe an investigation of a food poisoning outbreak at an event held in the municipality of Campinas/SP, assessing the possible causes and identifying the etiological agents. To that end, documents used in the epidemiological (interview with guests), sanitary (health inspection script based on current legislation) and laboratory investigations (food and clinical material analysis from three patients) were analyzed. The epidemiological investigation has shown that it is food poisoning, while the sanitary investigation has revealed a number of irregularities in the food-producing company, such as lack of an operating license, exposure of food to inadequate temperatures and unsatisfactory environmental hygienic conditions, the latter being conditions that favor and facilitate the multiplication of pathogens. The laboratory investigation confirmed the bacterial agents suspected of causing the outbreak (Bacillus cereus and Staphylococcus aureus) stemming from samples of leftover meat sfiha and vegetable pie, supporting the suspicions obtained in health and epidemiological investigations. The success of this investigation was based on the integrated action of different official specialties, in a mutual effort to elucidate the causes of the occurrence and etiological confirmation, subsidizing the political actions of prevention of food-borne diseases.


Assuntos
Bacillus cereus/patogenicidade , Doenças Transmitidas por Alimentos/diagnóstico , Doenças Transmitidas por Alimentos/microbiologia , Staphylococcus aureus/patogenicidade
4.
R. Educ. contin. Med. Vet. Zoot. ; 18(2): e38085, Setembro 04, 2020. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-28076

Resumo

Este trabalho objetivou descrever uma investigação de surto de intoxicação alimentar em um eventorealizadonomunicípiodeCampinas,SãoPaulo,avaliandoaspossíveiscausaseidentificandoosagentes etiológicos. Para isso, foram analisados documentos utilizados na investigação epidemiológica (entrevista com comensais), sanitária (roteiro de inspeção sanitária baseado nas legislações vigentes) e laboratorial(análisesdealimentosedematerialclínicodetrêspacientes).Ainvestigaçãoepidemiológicamostrou se tratar de uma intoxicação alimentar, ao passo que a investigação sanitária revelou uma sériedeirregularidadesnaempresaprodutoradosalimentos,comoporexemplo,ausênciadelicençadefuncionamento,exposiçãodosalimentosatemperaturasinadequadasecondiçõeshigiênicasambientais insatisfatórias, sendo essas últimas condições que favorecem e facilitam a multiplicação de agentespatogênicos.Ainvestigaçãolaboratorialconfirmouosagentesbacterianossuspeitosdecausarosurto (Bacillus cereus e Staphylococcus aureus) a partir de amostras de sobras de esfiha de carne ede torta de legumes, sustentando as suspeitas obtidas nas investigações sanitária e epidemiológica.Oêxitodestainvestigaçãosedeuapartirdaaçãointegradadediferentesespecialidadesoficiais,emesforçomútuoparaelucidarascausasdaocorrênciaeaconfirmaçãoetiológica,subsidiandoasaçõespolíticas de prevenção das doenças transmitidas por alimentos.(AU)


This work aimed to describe an investigation of a food poisoning outbreak at an event held in the municipality of Campinas/SP, assessing the possible causes and identifying the etiological agents. To that end, documents used in the epidemiological (interview with guests), sanitary (health inspection script based on current legislation) and laboratory investigations (food and clinical material analysis from three patients) were analyzed. The epidemiological investigation has shown that it is food poisoning, while the sanitary investigation has revealed a number of irregularities in the food-producing company, such as lack of an operating license, exposure of food to inadequate temperatures and unsatisfactory environmental hygienic conditions, the latter being conditions that favor and facilitate the multiplication of pathogens. The laboratory investigation confirmed the bacterial agents suspected of causing the outbreak (Bacillus cereus and Staphylococcus aureus) stemming from samples of leftover meat sfiha and vegetable pie, supporting the suspicions obtained in health and epidemiological investigations. The success of this investigation was based on the integrated action of different official specialties, in a mutual effort to elucidate the causes of the occurrence and etiological confirmation, subsidizing the political actions of prevention of food-borne diseases.(AU)


Assuntos
Doenças Transmitidas por Alimentos/diagnóstico , Doenças Transmitidas por Alimentos/microbiologia , Bacillus cereus/patogenicidade , Staphylococcus aureus/patogenicidade
5.
J. venom. anim. toxins incl. trop. dis ; 26: e20200019, 2020. tab, ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1135144

Resumo

Zika virus (ZIKV), an emerging arthropod-borne virus (arbovirus) of the Flaviviridae family, is a current issue worldwide, particularly because of the congenital and neurological syndromes associated with infection by this virus. As the initial clinical symptoms of all diseases caused by this group are very similar, clinical diagnosis is difficult. Furthermore, laboratory diagnostic efforts have failed to identify specific and accurate tests for each virus of the Flaviviridae family due to the cross-reactivity of these viruses in serum samples. This situation has resulted in underreporting of the diseases caused by flaviviruses. However, many companies developed commercial diagnostic tests after the recent ZIKV outbreak. Moreover, health regulatory agencies have approved different commercial tests to extend the monitoring of ZIKV infections. Considering that a specific and sensitive diagnostic method for estimating risk and evaluating ZIKV propagation is still needed, this review aims to provide an update of the main commercially approved serological diagnostics test by the US Food and Drug Administration (FDA) and Brazilian National Health Surveillance Agency (ANVISA). Additionally, we present the technologies used for monoclonal antibody production as a tool for the development of diagnostic tests and applications of these antibodies in detecting ZIKV infections worldwide.(AU)


Assuntos
Vigilância Sanitária , Testes Sorológicos/métodos , Flaviviridae , Flavivirus , Zika virus , Anticorpos , Anticorpos Monoclonais
6.
J. Venom. Anim. Toxins incl. Trop. Dis. ; 26: e20200019, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-32336

Resumo

Zika virus (ZIKV), an emerging arthropod-borne virus (arbovirus) of the Flaviviridae family, is a current issue worldwide, particularly because of the congenital and neurological syndromes associated with infection by this virus. As the initial clinical symptoms of all diseases caused by this group are very similar, clinical diagnosis is difficult. Furthermore, laboratory diagnostic efforts have failed to identify specific and accurate tests for each virus of the Flaviviridae family due to the cross-reactivity of these viruses in serum samples. This situation has resulted in underreporting of the diseases caused by flaviviruses. However, many companies developed commercial diagnostic tests after the recent ZIKV outbreak. Moreover, health regulatory agencies have approved different commercial tests to extend the monitoring of ZIKV infections. Considering that a specific and sensitive diagnostic method for estimating risk and evaluating ZIKV propagation is still needed, this review aims to provide an update of the main commercially approved serological diagnostics test by the US Food and Drug Administration (FDA) and Brazilian National Health Surveillance Agency (ANVISA). Additionally, we present the technologies used for monoclonal antibody production as a tool for the development of diagnostic tests and applications of these antibodies in detecting ZIKV infections worldwide.(AU)


Assuntos
Infecção por Zika virus/diagnóstico , Testes Sorológicos , Comércio , Anticorpos Monoclonais/análise , Anticorpos Monoclonais/química , Zika virus
7.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1902-1906, abr.-maio 2019.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-26369

Resumo

O perfil epidemiológico das doenças transmitidas por alimentos (DTAs) no Brasil ainda é pouco conhecido, nem todos os estados e/ou municípios dispõem de estatísticas e levantamentos reais sobre as variáveis associadas a essas enfermidades. O objetivo do trabalho foi realizar um levantamento dos dados sobre surtos de origem alimentar ocorridos em Juiz de Fora, MG, no período de 2007 a 2017. Houve 21 notificações de surtos, e em 71,42% desses não se identificou o agente etiológico envolvido. Dos alimentos incriminados, em 66,66% dos casos, estes eram ou continham em sua composição produtos de origem animal. A residência foi o local mais identificado como de início da ocorrência de surtos, representando 28,57% dos casos. Faz-se necessário o desenvolvimento de políticas públicas para a correta notificação das DTAs e, ainda, a conscientização de manipuladores de alimentos quanto aos cuidados na conservação e manipulação dos mesmos, com o objetivo reduzir a ocorrência dessas enfermidades.(AU)


Assuntos
Humanos , Doenças Transmitidas por Alimentos/epidemiologia , Doenças Transmitidas por Alimentos/etiologia , Surtos de Doenças/estatística & dados numéricos , Alimentos de Origem Animal
8.
Hig. aliment ; 33(288/289): 1902-1906, abr.-maio 2019.
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1482429

Resumo

O perfil epidemiológico das doenças transmitidas por alimentos (DTAs) no Brasil ainda é pouco conhecido, nem todos os estados e/ou municípios dispõem de estatísticas e levantamentos reais sobre as variáveis associadas a essas enfermidades. O objetivo do trabalho foi realizar um levantamento dos dados sobre surtos de origem alimentar ocorridos em Juiz de Fora, MG, no período de 2007 a 2017. Houve 21 notificações de surtos, e em 71,42% desses não se identificou o agente etiológico envolvido. Dos alimentos incriminados, em 66,66% dos casos, estes eram ou continham em sua composição produtos de origem animal. A residência foi o local mais identificado como de início da ocorrência de surtos, representando 28,57% dos casos. Faz-se necessário o desenvolvimento de políticas públicas para a correta notificação das DTAs e, ainda, a conscientização de manipuladores de alimentos quanto aos cuidados na conservação e manipulação dos mesmos, com o objetivo reduzir a ocorrência dessas enfermidades.


Assuntos
Humanos , Doenças Transmitidas por Alimentos/epidemiologia , Doenças Transmitidas por Alimentos/etiologia , Surtos de Doenças/estatística & dados numéricos , Alimentos de Origem Animal
9.
Hig. aliment ; 33(288/289): 3738-3742, abr.-maio 2019.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1366991

Resumo

A ocorrência de surtos de Doenças de Transmissão Hídrica e Alimentar (DTHA) ainda é expressivo, mesmo com programas públicos que visam promover a segurança da água e de alimentos consumidos pela população. Essas doenças trazem anualmente elevados prejuízos à saúde e bem-estar da população, assim como elevados prejuízos econômicos. Foi realizado um inquérito epidemiológico a fim de investigar um surto de DTHA em uma aldeia indígena no município de Ilhéus, Bahia. Para tanto foi aplicado um questionário epidemiológico para verificar possíveis fontes de contaminação que deram origem ao surto, além de coleta de amostras da água consumida pelos indivíduos acometidos. O resultado da análise realizada nas amostras de água revelou a presença de Escherichia colli. Conclui-se que a contaminação da água por E. coli foi a principal fonte do surto.


Assuntos
Poluição da Água/análise , Colimetria , Diarreia/prevenção & controle , Escherichia coli/isolamento & purificação , Doenças Transmitidas pela Água/epidemiologia , Doenças Transmitidas por Alimentos/epidemiologia , Povos Indígenas
10.
Pesqui. vet. bras ; 38(10): 1923-1928, out. 2018. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-19677

Resumo

Ricinus communis is a shrub of the family Euphorbiaceae popularly known in Brazil as "mamona" or "carrapateira". It is an oleaginous plant whose seeds have been used mainly in biodiesel production. Plant seed oil can be extracted mechanically or using solvents, generating castor bean cake and castor bean meal as by-products, respectively. Accidental ingestion of these by-products can cause poisoning in animals and humans, characterized by digestive signs resulting from the presence of a toxalbumin called ricin. Seed toxicity varies among animal species; in horses, the lethal dose of seeds is 0.1 g/kg of body weight. The literature presents plenty of studies addressing poisoning by R. communis in different animal species and in humans; however, reports are scarce and little information is available on the pathological aspects of poisoning regarding equines. Therefore, the present study aimed to describe the epidemiological, clinical and pathological aspects observed in an outbreak of accidental poisoning with castor bean cake in horses. The equines were supplemented with palm kernel (Elaeis guianeesis) cake; however, in the purchase of a new batch, there was an error in the order, and castor bean cake was requested instead. Four horses that received castor bean cake presented clinical signs indicative of colic, which started about 21 hours after administration. Three of these horses died, with clinical evolution from 2 to 4.5 hours; the other animal was treated with intravenous fluid and antibiotic therapy and non-steroidal anti-inflammatory drugs and recovered after five days. In the necropsy of two of these horses, the main lesions were found in the small intestine, where mucosae with pronounced redness and covered with a thin layer of yellow fibrous material were observed. In the intestinal lumen, there was a large amount of bloody liquid. The stomach was full, and dark lumps similar to crushed castor bean seeds were observed in the contents. The adrenal glands of both horses presented congestion and hemorrhage in the cortex. In microscopy, the main lesion was an acute, diffuse and accentuated fibrin-necrotic enteropathy affecting the jejunum. The diagnosis of castor bean cake poisoning was based on the circumstantial evidence of by-product consumption supported by clinical and pathological aspects. The results indicate that castor bean cake commercially available as fertilizer is extremely toxic when ingested, and there is a need for appropriate detoxification or labeling informing of its toxicity.(AU)


Ricinus communis é um arbusto da família Euphorbiaceae conhecido popularmente como "mamona" ou "carrapateira". A planta é considerada oleaginosa e suas sementes têm sido utilizadas, principalmente, na produção de biodiesel. A extração do óleo pode ser mecânica ou com solventes, gerando, como subprodutos, a torta de mamona e a farinha de mamona, respectivamente. A ingestão acidental desses subprodutos pode causar intoxicação em animais e humanos, caracterizada por sinais digestivos devido a toxalbumina ricina. A toxidez das sementes varia entre as espécies animais, em equinos a dose letal de sementes é de 0,1g/kg de peso vivo. Há vasta literatura sobre a intoxicação por R. communis em diferentes espécies animais e humanos. Em relação aos equinos os relatos são escassos e com poucas informações sobre os aspectos patológicos da intoxicação. Assim, os objetivos do presente estudo foram descrever os aspectos epidemiológicos, clínicos e patológicos observados em um surto de intoxicação acidental por torta de mamona em equinos. Os equinos eram suplementados com torta de dendê (Elaeis guianeesis), no entanto, na compra de uma nova partida, houve um erro no pedido sendo solicitada torta de mamona. Os quatro equinos que receberam a torta de mamona apresentaram sinais clínicos indicativos de cólica, que iniciaram cerca de 21 horas após administração. Três destes morreram, com evolução clínica 2 a 4,5 horas, o outro animal foi tratado com fluidoterapia intravenosa, antibioticoterapia e anti-inflamatório não esteroidal, recuperando-se em 5 dias. Na necropsia de dois destes equinos, as principais lesões foram encontradas no intestino delgado, sendo observadas mucosas com avermelhamento acentuado e recobertas por fina camada de material amarelado fibrinoso. No lúmen intestinal, havia grande quantidade de líquido sanguinolento. O estômago estava repleto de grumos escuros semelhantes às sementes trituradas da mamona em meio ao conteúdo. As adrenais de ambos equinos apresentavam congestão e hemorragias corticais. Na microscopia, a principal lesão foi uma enteropatia fibrino-necrótica, aguda, difusa e acentuada, afetando com maior intensidade o jejuno. O diagnóstico de intoxicação por torta de mamona foi baseado na evidência circunstancial de consumo do subproduto, sendo corroborado pelos aspectos clínicos e patológicos. Os resultados indicam que a torta de mamona vendida para fertilização do solo é extremamente tóxica quando ingerida, havendo a necessidade de detoxicação ou rotulagem adequada informando sobre a sua toxicidade.(AU)


Assuntos
Animais , Ricinus/intoxicação , Ricinus/toxicidade , Doenças Transmitidas por Alimentos/veterinária , Doenças dos Cavalos , Cavalos , Ração Animal/intoxicação , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal
11.
Pesqui. vet. bras ; 38(10): 1923-1928, out. 2018. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-976379

Resumo

Ricinus communis is a shrub of the family Euphorbiaceae popularly known in Brazil as "mamona" or "carrapateira". It is an oleaginous plant whose seeds have been used mainly in biodiesel production. Plant seed oil can be extracted mechanically or using solvents, generating castor bean cake and castor bean meal as by-products, respectively. Accidental ingestion of these by-products can cause poisoning in animals and humans, characterized by digestive signs resulting from the presence of a toxalbumin called ricin. Seed toxicity varies among animal species; in horses, the lethal dose of seeds is 0.1 g/kg of body weight. The literature presents plenty of studies addressing poisoning by R. communis in different animal species and in humans; however, reports are scarce and little information is available on the pathological aspects of poisoning regarding equines. Therefore, the present study aimed to describe the epidemiological, clinical and pathological aspects observed in an outbreak of accidental poisoning with castor bean cake in horses. The equines were supplemented with palm kernel (Elaeis guianeesis) cake; however, in the purchase of a new batch, there was an error in the order, and castor bean cake was requested instead. Four horses that received castor bean cake presented clinical signs indicative of colic, which started about 21 hours after administration. Three of these horses died, with clinical evolution from 2 to 4.5 hours; the other animal was treated with intravenous fluid and antibiotic therapy and non-steroidal anti-inflammatory drugs and recovered after five days. In the necropsy of two of these horses, the main lesions were found in the small intestine, where mucosae with pronounced redness and covered with a thin layer of yellow fibrous material were observed. In the intestinal lumen, there was a large amount of bloody liquid. The stomach was full, and dark lumps similar to crushed castor bean seeds were observed in the contents. The adrenal glands of both horses presented congestion and hemorrhage in the cortex. In microscopy, the main lesion was an acute, diffuse and accentuated fibrin-necrotic enteropathy affecting the jejunum. The diagnosis of castor bean cake poisoning was based on the circumstantial evidence of by-product consumption supported by clinical and pathological aspects. The results indicate that castor bean cake commercially available as fertilizer is extremely toxic when ingested, and there is a need for appropriate detoxification or labeling informing of its toxicity.(AU)


Ricinus communis é um arbusto da família Euphorbiaceae conhecido popularmente como "mamona" ou "carrapateira". A planta é considerada oleaginosa e suas sementes têm sido utilizadas, principalmente, na produção de biodiesel. A extração do óleo pode ser mecânica ou com solventes, gerando, como subprodutos, a torta de mamona e a farinha de mamona, respectivamente. A ingestão acidental desses subprodutos pode causar intoxicação em animais e humanos, caracterizada por sinais digestivos devido a toxalbumina ricina. A toxidez das sementes varia entre as espécies animais, em equinos a dose letal de sementes é de 0,1g/kg de peso vivo. Há vasta literatura sobre a intoxicação por R. communis em diferentes espécies animais e humanos. Em relação aos equinos os relatos são escassos e com poucas informações sobre os aspectos patológicos da intoxicação. Assim, os objetivos do presente estudo foram descrever os aspectos epidemiológicos, clínicos e patológicos observados em um surto de intoxicação acidental por torta de mamona em equinos. Os equinos eram suplementados com torta de dendê (Elaeis guianeesis), no entanto, na compra de uma nova partida, houve um erro no pedido sendo solicitada torta de mamona. Os quatro equinos que receberam a torta de mamona apresentaram sinais clínicos indicativos de cólica, que iniciaram cerca de 21 horas após administração. Três destes morreram, com evolução clínica 2 a 4,5 horas, o outro animal foi tratado com fluidoterapia intravenosa, antibioticoterapia e anti-inflamatório não esteroidal, recuperando-se em 5 dias. Na necropsia de dois destes equinos, as principais lesões foram encontradas no intestino delgado, sendo observadas mucosas com avermelhamento acentuado e recobertas por fina camada de material amarelado fibrinoso. No lúmen intestinal, havia grande quantidade de líquido sanguinolento. O estômago estava repleto de grumos escuros semelhantes às sementes trituradas da mamona em meio ao conteúdo. As adrenais de ambos equinos apresentavam congestão e hemorragias corticais. Na microscopia, a principal lesão foi uma enteropatia fibrino-necrótica, aguda, difusa e acentuada, afetando com maior intensidade o jejuno. O diagnóstico de intoxicação por torta de mamona foi baseado na evidência circunstancial de consumo do subproduto, sendo corroborado pelos aspectos clínicos e patológicos. Os resultados indicam que a torta de mamona vendida para fertilização do solo é extremamente tóxica quando ingerida, havendo a necessidade de detoxicação ou rotulagem adequada informando sobre a sua toxicidade.(AU)


Assuntos
Animais , Ricinus/intoxicação , Ricinus/toxicidade , Doenças Transmitidas por Alimentos/veterinária , Doenças dos Cavalos , Cavalos , Ração Animal/intoxicação , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal
12.
Pesqui. vet. bras ; 38(10): 1929-1934, out. 2018. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-19679

Resumo

An outbreak of pulmonary edema and emphysema with acute and chronic cases is reported in a farm in Uruguay. In a herd of 40 Hereford steers, 20 died. The deaths began four days after a change of paddock, from an old pasture of Avena sativa to a lush growing pasture of the same grass. Acutely affected animals showed severe dyspnea, sialorrhea, cough, and subcutaneous edema, and died within 72 hours. Chronically affected steers showed dyspnea, respiratory noises, weight loss, and intolerance to exercise. The deaths began four days after the change of paddock. Ten days after the first death, the steers were withdrawn from the pasture, but continued dying throughout the following 40 days. Twenty animals died and six were necropsied. Grossly, the lungs were diffusely armed and glistening, with reddish and crepitant cut surface, and presented alveolar septae sharply distended by edema and emphysema. There was subpleural emphysema with air blebs distributed across the pleural surface. Presence of Dictyocaulus viviparus was observed in three steers. In some animals, the trachea was diffusely reddish with presence of pink foam; in some others, there was bloody liquid in the tracheal lumen. Histologic examination showed severe diffuse alveolar and interstitial emphysema, hyaline membranes adhered to the alveolar wall, thickening of the interlobular septae with proliferation of type II pneumocytes, and moderate-to-severe multifocal histiocytic, neutrophilic and eosinophilic infiltrate. In the trachea, there was submucosal hemorrhage and moderate multifocal eosinophilic and lymphocytic infiltrate. The steers with chronic signs presented similar lung lesions, but multifocal pulmonary fibrosis and cardiac dilatation were also observed. The diagnosis of acute bovine pulmonary emphysema and edema (ABPE) was based on the occurrence of the disease after introduction of the herd in a lush green pasture, on the characteristic gross and histologic lesions, and on the absence of other toxic or infectious agents causing similar lesions. Cattle raisers should be alert to the risks of occurrence of this disease after the introduction of the herds into paddocks with green and lush pastures.(AU)


Descreve-se um surto de edema e enfisema pulmonar com casos agudos e crônicos em bovinos em uma criação semi-intensiva no Uruguai. De um lote de 40 novilhos da raça Hereford morreram 20. As mortes começaram quatro dias após uma mudança de alimentação, de uma pastagem mais velha de Avena sativa, para uma pastagem recentemente plantada de aveia que estava em brotação. Os animais afetados apresentaram sinais clínicos agudos de dispneia, sialorreia, tosse e alguns desenvolveram edema subcutâneo, morrendo em até 72 horas. Outros novilhos mais cronicamente afetados apresentaram dispneia, ruídos respiratórios, perda de peso e intolerância ao exercício. As mortes começaram quatro dias após a mudança de pastagens. Dez dias após a primeira morte, os novilhos foram retirados do pasto, mas morreram ainda durante 40 dias mais. Ao total, morreram vinte animais e seis foram necropsiados. Nas necropsias dos animais mortos na fase aguda os pulmões estavam difusamente armados e brilhosos e ao corte de coloração avermelhada e crepitante, com os septos alveolares acentuadamente distendidos por edema e enfisema. Havia enfisema subpleural caracterizado por bolhas de ar distribuídas pela superfície pleural. Em três bovinos havia ainda presença de Dictyocaulus viviparus. Alguns animais apresentaram a traqueia difusamente avermelhada com espuma de coloração rósea ou liquido sanguinolento livre na luz traqueal. Histologicamente havia edema e enfisema alveolar e intersticial difuso severo, membranas hialinas espessas aderidas à parede alveolar, espessamento dos septos interlobulares com proliferação de pneumócitos tipo II e infiltrado inflamatório histiocítico, neutrofílico e eosinofílico multifocal moderado a severo. Na traqueia havia hemorragias na submucosa e infiltrado eosinofílico e linfocítico multifocal. Os novilhos com sinais crônicos apresentaram lesões pulmonares semelhantes, entretanto, foram observadas também, fibrose pulmonar multifocal e dilatação cardíaca. O diagnóstico de EEPAB baseou-se na ocorrência da doença após a introdução do rebanho em uma pastagem viçosa em brotação, nas características macroscópicas e histológicas e na ausência de outros agentes tóxicos ou infecciosos que causam lesões semelhantes. Se alerta para os riscos da ocorrência desta enfermidade, quando houver mudanças de pastagens.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Pneumonia Intersticial Atípica dos Bovinos/patologia , Edema Pulmonar/patologia , Uruguai , Dieta/mortalidade , Dieta/veterinária , Doenças Transmitidas por Alimentos/mortalidade , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal , Doenças dos Bovinos
13.
Pesqui. vet. bras ; 38(10): 1929-1934, out. 2018. ilus
Artigo em Inglês | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-976380

Resumo

An outbreak of pulmonary edema and emphysema with acute and chronic cases is reported in a farm in Uruguay. In a herd of 40 Hereford steers, 20 died. The deaths began four days after a change of paddock, from an old pasture of Avena sativa to a lush growing pasture of the same grass. Acutely affected animals showed severe dyspnea, sialorrhea, cough, and subcutaneous edema, and died within 72 hours. Chronically affected steers showed dyspnea, respiratory noises, weight loss, and intolerance to exercise. The deaths began four days after the change of paddock. Ten days after the first death, the steers were withdrawn from the pasture, but continued dying throughout the following 40 days. Twenty animals died and six were necropsied. Grossly, the lungs were diffusely armed and glistening, with reddish and crepitant cut surface, and presented alveolar septae sharply distended by edema and emphysema. There was subpleural emphysema with air blebs distributed across the pleural surface. Presence of Dictyocaulus viviparus was observed in three steers. In some animals, the trachea was diffusely reddish with presence of pink foam; in some others, there was bloody liquid in the tracheal lumen. Histologic examination showed severe diffuse alveolar and interstitial emphysema, hyaline membranes adhered to the alveolar wall, thickening of the interlobular septae with proliferation of type II pneumocytes, and moderate-to-severe multifocal histiocytic, neutrophilic and eosinophilic infiltrate. In the trachea, there was submucosal hemorrhage and moderate multifocal eosinophilic and lymphocytic infiltrate. The steers with chronic signs presented similar lung lesions, but multifocal pulmonary fibrosis and cardiac dilatation were also observed. The diagnosis of acute bovine pulmonary emphysema and edema (ABPE) was based on the occurrence of the disease after introduction of the herd in a lush green pasture, on the characteristic gross and histologic lesions, and on the absence of other toxic or infectious agents causing similar lesions. Cattle raisers should be alert to the risks of occurrence of this disease after the introduction of the herds into paddocks with green and lush pastures.(AU)


Descreve-se um surto de edema e enfisema pulmonar com casos agudos e crônicos em bovinos em uma criação semi-intensiva no Uruguai. De um lote de 40 novilhos da raça Hereford morreram 20. As mortes começaram quatro dias após uma mudança de alimentação, de uma pastagem mais velha de Avena sativa, para uma pastagem recentemente plantada de aveia que estava em brotação. Os animais afetados apresentaram sinais clínicos agudos de dispneia, sialorreia, tosse e alguns desenvolveram edema subcutâneo, morrendo em até 72 horas. Outros novilhos mais cronicamente afetados apresentaram dispneia, ruídos respiratórios, perda de peso e intolerância ao exercício. As mortes começaram quatro dias após a mudança de pastagens. Dez dias após a primeira morte, os novilhos foram retirados do pasto, mas morreram ainda durante 40 dias mais. Ao total, morreram vinte animais e seis foram necropsiados. Nas necropsias dos animais mortos na fase aguda os pulmões estavam difusamente armados e brilhosos e ao corte de coloração avermelhada e crepitante, com os septos alveolares acentuadamente distendidos por edema e enfisema. Havia enfisema subpleural caracterizado por bolhas de ar distribuídas pela superfície pleural. Em três bovinos havia ainda presença de Dictyocaulus viviparus. Alguns animais apresentaram a traqueia difusamente avermelhada com espuma de coloração rósea ou liquido sanguinolento livre na luz traqueal. Histologicamente havia edema e enfisema alveolar e intersticial difuso severo, membranas hialinas espessas aderidas à parede alveolar, espessamento dos septos interlobulares com proliferação de pneumócitos tipo II e infiltrado inflamatório histiocítico, neutrofílico e eosinofílico multifocal moderado a severo. Na traqueia havia hemorragias na submucosa e infiltrado eosinofílico e linfocítico multifocal. Os novilhos com sinais crônicos apresentaram lesões pulmonares semelhantes, entretanto, foram observadas também, fibrose pulmonar multifocal e dilatação cardíaca. O diagnóstico de EEPAB baseou-se na ocorrência da doença após a introdução do rebanho em uma pastagem viçosa em brotação, nas características macroscópicas e histológicas e na ausência de outros agentes tóxicos ou infecciosos que causam lesões semelhantes. Se alerta para os riscos da ocorrência desta enfermidade, quando houver mudanças de pastagens.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Pneumonia Intersticial Atípica dos Bovinos/patologia , Edema Pulmonar/patologia , Uruguai , Dieta/mortalidade , Dieta/veterinária , Doenças Transmitidas por Alimentos/mortalidade , Fenômenos Fisiológicos da Nutrição Animal , Doenças dos Bovinos
14.
Semina ciênc. agrar ; 37(6): 4051-4062, nov.-dez. 2016. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1500655

Resumo

Foodborne illness results in high costs to public health and the food chain production worldwide. The majority of the population is unaware of food safety requirements and consequently, domestic kitchens are sources of contamination and spread of disease. Eating habits and the profile of food handlers in these sites guide the planning of surveillance and public education. This study describes the epidemiological and microbiological aspects of household outbreaks of foodborne illness in the State of Parana, using the Notifiable Diseases Information System database. There were 357 outbreaks between 2008 and 2012 in the State of Parana, and households were the main place of occurrence (43.70%), followed by restaurants and bakeries (21.00%), and kindergartens and schools (11.20 %). Household outbreak records derived from the municipalities for regional health coverage, based in Curitiba, Cascavel, Pato Branco, Foz do Iguaçu and Londrina. These indicated an increased number of reported cases between 2011 and 2012. The increase in reporting reflects a greater awareness among professionals because of training. The results highlight the consumption of contaminated food (36.15%), by strains of coagulase positive Staphylococcus (36.23%). They also reflect an intensification and wholeness of public policies on the education of the population regarding hygiene principles in the acquisition, handling, preparation, storage, and consumption of food in the household.


Doenças transmitidas por alimentos representam mundialmente elevados custos à saúde pública e à cadeia produtiva de alimentos. Boa parte da população desconhece os requisitos à segurança dos alimentos tornando as cozinhas domésticas fontes de contaminação e propagação de doenças. Os hábitos alimentares e o perfil dos manipuladores nestes locais norteiam o planejamento da vigilância e educação da população. O presente trabalho descreve os aspectos epidemiológicos e microbiológicos dos surtos residenciais de doenças transmitidas por alimentos no Estado do Paraná, a partir da base de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. No período de 2008 a 2012 foram notificados 357 surtos no Estado do Paraná sendo as residências paranaenses o principal local de ocorrência (43,70%), seguidas pelos restaurantes e padarias (21,00%) e pelas creches e escolas (11,20%). Entretanto, os registros de surtos domiciliares mantiveram-se concentrados nos municípios de abrangência das regionais de saúde sediadas em Curitiba, Cascavel, Pato Branco, Foz do Iguaçu e Londrina, com destaque ao aumento de notificação nos anos de 2011 e 2012, que coincide com a sensibilização dos profissionais envolvidos por meio de capacitações. Destacam-se o consumo de alimentos contaminados (36,15%), por cepas de Staphylococcus coagulase positiva (36,23%) e normalmente a base de carnes e seus derivados (59,57%), sugerindo a intensificação e integralidade das políticas públicas na educação da população quanto aos princípios de higiene na aquisição, manipulação, preparação, conservação e consumo dos alimentos nos domicílios.


Assuntos
Comportamento Alimentar , Doenças Transmitidas por Alimentos/epidemiologia , Fatores Epidemiológicos , Saúde Pública , Staphylococcus
15.
Semina Ci. agr. ; 37(6): 4051-4062, nov.-dez. 2016. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-23285

Resumo

Foodborne illness results in high costs to public health and the food chain production worldwide. The majority of the population is unaware of food safety requirements and consequently, domestic kitchens are sources of contamination and spread of disease. Eating habits and the profile of food handlers in these sites guide the planning of surveillance and public education. This study describes the epidemiological and microbiological aspects of household outbreaks of foodborne illness in the State of Parana, using the Notifiable Diseases Information System database. There were 357 outbreaks between 2008 and 2012 in the State of Parana, and households were the main place of occurrence (43.70%), followed by restaurants and bakeries (21.00%), and kindergartens and schools (11.20 %). Household outbreak records derived from the municipalities for regional health coverage, based in Curitiba, Cascavel, Pato Branco, Foz do Iguaçu and Londrina. These indicated an increased number of reported cases between 2011 and 2012. The increase in reporting reflects a greater awareness among professionals because of training. The results highlight the consumption of contaminated food (36.15%), by strains of coagulase positive Staphylococcus (36.23%). They also reflect an intensification and wholeness of public policies on the education of the population regarding hygiene principles in the acquisition, handling, preparation, storage, and consumption of food in the household.(AU)


Doenças transmitidas por alimentos representam mundialmente elevados custos à saúde pública e à cadeia produtiva de alimentos. Boa parte da população desconhece os requisitos à segurança dos alimentos tornando as cozinhas domésticas fontes de contaminação e propagação de doenças. Os hábitos alimentares e o perfil dos manipuladores nestes locais norteiam o planejamento da vigilância e educação da população. O presente trabalho descreve os aspectos epidemiológicos e microbiológicos dos surtos residenciais de doenças transmitidas por alimentos no Estado do Paraná, a partir da base de dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação. No período de 2008 a 2012 foram notificados 357 surtos no Estado do Paraná sendo as residências paranaenses o principal local de ocorrência (43,70%), seguidas pelos restaurantes e padarias (21,00%) e pelas creches e escolas (11,20%). Entretanto, os registros de surtos domiciliares mantiveram-se concentrados nos municípios de abrangência das regionais de saúde sediadas em Curitiba, Cascavel, Pato Branco, Foz do Iguaçu e Londrina, com destaque ao aumento de notificação nos anos de 2011 e 2012, que coincide com a sensibilização dos profissionais envolvidos por meio de capacitações. Destacam-se o consumo de alimentos contaminados (36,15%), por cepas de Staphylococcus coagulase positiva (36,23%) e normalmente a base de carnes e seus derivados (59,57%), sugerindo a intensificação e integralidade das políticas públicas na educação da população quanto aos princípios de higiene na aquisição, manipulação, preparação, conservação e consumo dos alimentos nos domicílios.(AU)


Assuntos
Doenças Transmitidas por Alimentos/epidemiologia , Comportamento Alimentar , Saúde Pública , Fatores Epidemiológicos , Staphylococcus
16.
Ciênc. vet. tróp ; 19(1): 31-39, 2016. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1480726

Resumo

The aim of the present study was to describe an outbreak of intoxication by Amaranthus spinosus among bovines in the northern rural region of the state of Pernambuco (northeastern Brazil). The herd was composed of 70 mixed-breed Holstein cattle. Five animals became intoxicated, two of which died and three recovered. The main clinical signs were apathy, decubitus, reduced to absent appetite, pinkish pale to pale mucous membranes, severe dehydration, accentuated enophthalmia, rumenal atony or hypomotility, submandibular swelling, hind-leg edema and fetid feces with a dark coloration. The biochemical analysis revealed high AST, GGT and creatinine levels. Necropsy reveled perirenal edema, subcapsular hematomas, paleness and multifocal petechial hemorrhaging on the cortical surface extending to the bone marrow and intensive hemorrhaging in the pelvis. The histopathological analysis revealed degeneration and necrosis of cortical region of tubular epithelial cells, especially proximal cells, and the accentuated presence of granular hyaline casts and droplets in the cortical and medullary lumen. The diagnosis of intoxication by Amaranthus spinosus  was based on the epidemiological, clinical-laboratorial, necroptic and histolopathological characteristics of intoxication by nephrotoxic plants. The scarcity of other food sources and the large quantity of the plant as the only food source for the bovines as well as the consumption of the plant in the flowering phase favored these cases of intoxication.


Descreve-se um surto de intoxicação por Amaranthus spinosus ocorrido em bovinos na região do Agreste meridional de Pernambuco. O rebanho era composto de 70 animais, mestiços de holandês, cinco animais se intoxicaram, dois morreram, três se recuperaram. Os principais sinais clínicos foram apatia, decúbito, com apetite reduzido a ausente, mucosas rosa pálidas a pálida, desidratação severa com acentuada enoftalmia, rúmen com diminuição da motilidade ou atônico, edema submandibular e edema dos membros posteriores, fezes de odor fétido e escuras. A bioquímica clínica apresentou valores aumentados para AST, GGT e Creatinina.  A necropsia revelou nos rins edema perirrenal, hematomas subcapsulares, palidez e hemorragia petequial multifocal na superfície cortical estendendo-se do parênquima até a região medular e intensa hemorragia na pelve. A histopatologia revelou degeneração e necrose na região cortical das células epiteliais tubulares, em sua maioria nos túbulos proximais e presença acentuada no lúmen de cilindros granulosos hialinos e gotículas tanto cortical como na medular. O diagnóstico da intoxicação por Amaranthus spinosus foi baseado nos achados epidemiológicos, clínico-laboratorial, de necropsia e histopatologia características da intoxicação por plantas nefrotóxicas. A escassez de alimentos associado a presença da planta em grande quantidade, como única fonte de volumoso para os bovinos, e o consumo desta no estágio de brotação, favoreceram a intoxicação.


Assuntos
Animais , Bovinos , Amaranthaceae/intoxicação , Amaranthus/intoxicação , Intoxicação por Plantas/veterinária , Nefrose/veterinária , Diagnóstico Clínico/veterinária , Doenças Transmitidas por Alimentos/veterinária
17.
Ci. Vet. Tróp. ; 19(1): 31-39, 2016. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-13891

Resumo

The aim of the present study was to describe an outbreak of intoxication by Amaranthus spinosus among bovines in the northern rural region of the state of Pernambuco (northeastern Brazil). The herd was composed of 70 mixed-breed Holstein cattle. Five animals became intoxicated, two of which died and three recovered. The main clinical signs were apathy, decubitus, reduced to absent appetite, pinkish pale to pale mucous membranes, severe dehydration, accentuated enophthalmia, rumenal atony or hypomotility, submandibular swelling, hind-leg edema and fetid feces with a dark coloration. The biochemical analysis revealed high AST, GGT and creatinine levels. Necropsy reveled perirenal edema, subcapsular hematomas, paleness and multifocal petechial hemorrhaging on the cortical surface extending to the bone marrow and intensive hemorrhaging in the pelvis. The histopathological analysis revealed degeneration and necrosis of cortical region of tubular epithelial cells, especially proximal cells, and the accentuated presence of granular hyaline casts and droplets in the cortical and medullary lumen. The diagnosis of intoxication by Amaranthus spinosus  was based on the epidemiological, clinical-laboratorial, necroptic and histolopathological characteristics of intoxication by nephrotoxic plants. The scarcity of other food sources and the large quantity of the plant as the only food source for the bovines as well as the consumption of the plant in the flowering phase favored these cases of intoxication.(AU)


Descreve-se um surto de intoxicação por Amaranthus spinosus ocorrido em bovinos na região do Agreste meridional de Pernambuco. O rebanho era composto de 70 animais, mestiços de holandês, cinco animais se intoxicaram, dois morreram, três se recuperaram. Os principais sinais clínicos foram apatia, decúbito, com apetite reduzido a ausente, mucosas rosa pálidas a pálida, desidratação severa com acentuada enoftalmia, rúmen com diminuição da motilidade ou atônico, edema submandibular e edema dos membros posteriores, fezes de odor fétido e escuras. A bioquímica clínica apresentou valores aumentados para AST, GGT e Creatinina.  A necropsia revelou nos rins edema perirrenal, hematomas subcapsulares, palidez e hemorragia petequial multifocal na superfície cortical estendendo-se do parênquima até a região medular e intensa hemorragia na pelve. A histopatologia revelou degeneração e necrose na região cortical das células epiteliais tubulares, em sua maioria nos túbulos proximais e presença acentuada no lúmen de cilindros granulosos hialinos e gotículas tanto cortical como na medular. O diagnóstico da intoxicação por Amaranthus spinosus foi baseado nos achados epidemiológicos, clínico-laboratorial, de necropsia e histopatologia características da intoxicação por plantas nefrotóxicas. A escassez de alimentos associado a presença da planta em grande quantidade, como única fonte de volumoso para os bovinos, e o consumo desta no estágio de brotação, favoreceram a intoxicação.(AU)


Assuntos
Animais , Bovinos , Amaranthus/intoxicação , Amaranthaceae/intoxicação , Intoxicação por Plantas/veterinária , Nefrose/veterinária , Doenças Transmitidas por Alimentos/veterinária , Diagnóstico Clínico/veterinária
18.
Hig. Aliment. (Online) ; 29(244/245): 98-102, maio-jun. 2015.
Artigo em Português | LILACS, VETINDEX | ID: biblio-1481786

Resumo

A distribuição do botulismo é mundial, com casos esporádicos ou surtos familiares, em geral, relacionados à produção e à conservação de alimentos de maneira inadequada. As intoxicações alimentares constituem um dos significantes problemas de saúde pública. O botulismo é uma doença grave, causada pelo Clotrisdium botulinum e deve ser considerado emergência médica e de saúde pública. De ocorrência súbita, caracteriza-se por manifestações neurológicas seletivas, de evolução dramática e elevada mortalidade, entre 30 e 65%. Devido a importância do botulismo como um problema de saúde pública, é indispensável relatar que o maior perigo de contaminação está nos alimentos preparados de forma artesanal, principalmente em conservas caseiras.


The distribution of botulism is worldwide, with sporadic cases or outbreaks family usually related to production and conservation of food improperly. The food poisoning is one of the significant public health problems. Botulism is a serious illness caused by Clostridium botulinum should be considered a medical emergency and public health. The sudden occurrence characterized by neurological manifestations selective evolution of dramatic and high mortality between 30 and 65%. Due to the importance of botulism as a public health problem, it is essential to report that the greatest danger of contamination in food is prepared by hand, especially in home canning.


Assuntos
Botulismo/epidemiologia , Botulismo/etiologia , Clostridium botulinum/isolamento & purificação , Surtos de Doenças , Doenças Transmitidas por Alimentos/epidemiologia , Doenças Transmitidas por Alimentos/etiologia , Saúde Pública
19.
Hig. alim. ; 29(244/245): 98-102, maio-jun. 2015.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-33476

Resumo

A distribuição do botulismo é mundial, com casos esporádicos ou surtos familiares, em geral, relacionados à produção e à conservação de alimentos de maneira inadequada. As intoxicações alimentares constituem um dos significantes problemas de saúde pública. O botulismo é uma doença grave, causada pelo Clotrisdium botulinum e deve ser considerado emergência médica e de saúde pública. De ocorrência súbita, caracteriza-se por manifestações neurológicas seletivas, de evolução dramática e elevada mortalidade, entre 30 e 65%. Devido a importância do botulismo como um problema de saúde pública, é indispensável relatar que o maior perigo de contaminação está nos alimentos preparados de forma artesanal, principalmente em conservas caseiras.(AU)


The distribution of botulism is worldwide, with sporadic cases or outbreaks family usually related to production and conservation of food improperly. The food poisoning is one of the significant public health problems. Botulism is a serious illness caused by Clostridium botulinum should be considered a medical emergency and public health. The sudden occurrence characterized by neurological manifestations selective evolution of dramatic and high mortality between 30 and 65%. Due to the importance of botulism as a public health problem, it is essential to report that the greatest danger of contamination in food is prepared by hand, especially in home canning.(AU)


Assuntos
Botulismo/epidemiologia , Botulismo/etiologia , Clostridium botulinum/isolamento & purificação , Surtos de Doenças , Saúde Pública , Doenças Transmitidas por Alimentos/epidemiologia , Doenças Transmitidas por Alimentos/etiologia
20.
Braz. J. Microbiol. ; 44(3): 723-729, July-Sept. 2013.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-304312

Resumo

Salmonella has been identified as the main aetiological agent responsible for foodborne diseases in several countries worldwide, including Brazil. In the State of Rio Grande do Sul (RS), southern Brazil, previews studies analysed official foodborne illnesses data, identifying Salmonella as the main bacterial agent of foodborne diseases during the period of 1997 to 2001. The present study aimed to analyse the official epidemiological data on salmonelloses occurred in the State of RS, during the period of 2002 to 2004. Even though data on recent salmonelloses were available, only data concerning the period comprising in 2002 to 2004 were analysed because the official worksheet records presented more consistent information about the salmonellosis outbreaks. Results indicated that, among the 624 foodborne outbreaks officially investigated, 202 (32.37%) were confirmed as salmonellosis. Among them 23,725 people were involved, 4,148 became sick, 1,878 were hospitalized and one person died. The season with the highest incidence of salmonelloses was spring, and the most affected age group was composed of people aged between 20 to 49 years old (56.66%). Animal origin foods -especially eggs and meat products -were very often involved with the outbreaks, however homemade mayonnaise was identified as the main food vehicle for salmonelloses (53.51%). The majority of the cases occurred inside private homes (55.81%) and food services (12.1%), and the main factors contributing to the occurrence of the outbreaks were the consumption of products without sanitary inspection (26.7%) and exposure of food at room temperature for more than two hours (18.58%). Similarly to what was previously reported for the period of 1997 to 2001, Salmonella spp. was the most prevalent foodborne disease agent in the State of RS during the years of 2002 to 2004.(AU)


Assuntos
Salmonella , Doenças Transmitidas por Alimentos , Surtos de Doenças , Boas Práticas de Manipulação
SELEÇÃO DE REFERÊNCIAS
DETALHE DA PESQUISA