Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Digestibilidade do amido e comportamento ingestivo de novilhos confinados sob efeito de doses de complexo enzimático em dietas de alta densidade energética / Digestibility of starch and ingestive behavior of feedlot steers by effect of enzymatic complex doses in high-energy diets

Vigne, G. L. D; Neumann, M; Santos, L. C; Stadler Júnior, E. S; Pontarolo, G. B; Petkowicz, K; Cristo, F. B.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 71(3): 1015-1026, May-June 2019. tab, ilus
Artigo em Português | | ID: biblio-1011301

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi avaliar a conversão alimentar, a digestibilidade do amido, o comportamento ingestivo e o escore de sobras da dieta e de fezes de novilhos confinados, suplementados com doses do complexo enzimático (0; 2,5; 5,0 e 7,5g animal-1 dia-1) e alimentados com dieta constituída por 85% de grão de milho e 15% de núcleo proteico, vitamínico e mineral, na base seca, isenta de forragem. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso contendo quatro tratamentos e quatro repetições. Trinta e dois novilhos inteiros, ½ sangue Angus Nelore, com idade média de 12 meses e peso vivo médio inicial de 422kg, foram confinados por um período de 77 dias. Cada grama de inclusão de complexo enzimático melhorou a conversão alimentar em 0,1652%, reduziu a matéria seca das fezes em 0,4648% e o tempo de ingestão de água em 0,0068 horas dia-1. A máxima digestibilidade do amido foi alcançada na dose de 5,08g animal-1 dia-1. A inclusão progressiva do complexo enzimático à dieta de alta densidade energética promoveu melhoria na conversão alimentar, redução na matéria seca das fezes e diminuição do tempo de ingestão de água. A dose de 5g animal-1 dia-1 do complexo enzimático aumentou a digestibilidade do amido.(AU)
The objective was to evaluate the feed conversion, starch digestibility, ingestive behavior, diet leftover score and feces score of steers supplemented with doses of enzyme complex (0; 2.5; 5.0 and 7 .5g animal -1 day -1 ) fed with roughage-free diet composed of a mixture of 85% whole corn grain and 15% protein-mineral-vitamin mix, on a dry matter basis. A completely randomized block design was adopted, consisting of four treatments and four replicates. Thirty-two ½ Angus ½ Nellore crossbred steers at an average age of 12 months, with an average initial weight of 422kg, were kept in a feedlot for 77 days. Each gram of enzyme complex inclusion improved feed conversion in 0.1652%, decreased feces dry matter in 0,4648% and time of water intake in 0.0068 hours day -1 . The maximum starch digestibility was reached in the dose of 5,08g animal -1 day -1 . The gradual inclusion of enzyme complex promoted improvement in feed conversion, reduction in the dry matter of feces and redution in the time of water intake. The enzyme complex dose of 5.0g animal -1 day -1 increased the starch digestibility.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1