Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Qualidade seminal e perfil metabólico de caprinos alimentados com semente de linhaça na dieta / Semen quality and metabolic profile of goats fed flaxseed in the diet

Souza, R. S; Barbosa, L. P; Pinheiro, A. M; Machado, W. M; Mendes, C. S; Araujo, M. L; Souza, D. O; Santana, A. L. A.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 71(3): 899-908, May-June 2019. tab, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1011307

Resumo

O objetivo da presente pesquisa foi avaliar o efeito da inclusão de semente de linhaça na dieta sobre a qualidade seminal e o perfil metabólico de machos caprinos. Foram utilizados 16 machos da raça Saanen, distribuídos aleatoriamente em quatro grupos, recebendo níveis de inclusão de semente de linhaça (0, 4, 8 e 12%) na dieta, durante um período de 60 dias. As coletas e as avaliações seminais foram realizadas duas vezes por semana. Os animais foram submetidos a coletas quinzenais de sangue, durante todo o período experimental. Os dados foram avaliados por ANOVA e pela análise de regressão a 5% de significância. Houve comportamento cúbico para motilidade espermática progressiva, que apresentou o maior valor (82,30%) com a adição de 9,92% de semente de linhaça na dieta (P<0,05). Houve comportamento cúbico para concentração plasmática de triglicerídeos, e o nível de 8% de semente de linhaça na dieta apresentou média de 43,32mg dL-1, acima dos valores normais para a espécie caprina (P<0,05). A inclusão de semente de linhaça na dieta de machos caprinos proporcionou melhora na produção espermática e na qualidade seminal. No entanto, devem-se considerar os possíveis efeitos dos níveis superiores a 4% de semente de linhaça sobre o perfil metabólico dos animais.(AU)
This study aimed to evaluate the effect of flaxseed inclusion in the diet of male goats through the semen quality and metabolic profile. Randomly allocated 16 Saanen males were placed into four groups receiving flaxseed inclusion levels (0, 4, 8 and 12%) in the diet over a period of 60 days. The collections and seminal evaluations were performed twice a week. The animals were subjected to biweekly blood collections from the beginning to the end of the trial period. The data were evaluated by ANOVA and regression analysis at 5% significance. A cubic behavior for motility, with the highest value (82.30%) with the addition of 9.92% of flaxseed in the diet (P< 0.05) was detected. A cubic behavior for plasma triglyceride concentration and the level of 8% of flaxseed in the diet averaged 43.32mg dL -1 above normal values for goats (P< 0.05) was detected. The inclusion of flaxseed in the diet of male goats improved sperm production and quality. However, one should consider the possible effects of the levels above 4% of flaxseed on the metabolic profile of the animals.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1