Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Estratégias alimentares na larvicultura do peixe ornamental amazônico acará-severo (Heros severus) (Heckel, 1840) / Feeding strategies on larval rearing of severum (Heros severus) (Heckel, 1840), Amazonian ornamental fish

Campelo, D. A. V; Silva, I. C; Marques, M. H. C; Eiras, B. J. C. F; Brabo, M. F; Moura, L. B. de; Veras, G. C.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 71(5): 1601-1608, set.-out. 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1038644

Resumo

Com o presente estudo, objetivou-se avaliar o tempo de fornecimento de náuplios de artêmia e o período de transição alimentar para pós-larvas de acará-severo (Heros severus). Foram utilizadas 450 pós-larvas de acará-severo, distribuídas em 45 aquários, em delineamento inteiramente ao acaso, em esquema fatorial 3x5, com três repetições. Foram avaliados três períodos de fornecimento de náuplios de artêmia: zero, cinco e 10 dias. Além disso, foram testados cinco períodos de transição alimentar: um, dois, três, quatro e cinco dias, quando os animais receberam alimentação conjunta de náuplios de artêmia e dieta farelada. Ao final do experimento, os peixes foram contados, pesados e fotografados, para avaliação do desempenho produtivo e das variáveis morfométricas. Para todos os parâmetros avaliados, não foi constatada interação entre o tempo de fornecimento de artêmia e o período de transição alimentar. Os animais alimentados por 10 dias com náuplios de artêmia apresentaram os melhores resultados de desempenho e as maiores variáveis morfométricas. Os peixes que receberam alimentação conjunta por três dias apresentaram desenvolvimento satisfatório. Dessa forma, recomendam-se 10 dias de fornecimento de náuplios de artêmia e três dias de transição alimentar, antes de se iniciar o fornecimento exclusivo de dieta inerte para pós-larvas de acará-severo.(AU)
The aim of this study was to evaluate the supply time of artemia and the period of food transition to post-larvae of severum (Heros severus). A total of 450 post-larvae of severum were distributed in 45 aquaria, in a completely randomized design, in a 3x5 factorial scheme, with three replicates. Three feeding periods with artemia nauplii were evaluated: zero, five, and ten days. In addition, five feeding transitions were tested: one, two, three, four and five days, when the animals received joint feeding of artemia nauplii and dry diet. At the end of the experiment the fish were counted, weighed and photographed, to evaluate the productive performance and the morphometric variables. For all parameters evaluated, no interaction between the time of artemia supply and the feeding transition period was observed. Animals fed for 10 days with artemia nauplii showed the best performance results and the highest morphometric variables. The fish that received joint feeding for three days presented satisfactory development. Thus, 10 days of artemia nauplii supply and three days of feeding transition is recommended before starting the exclusive supply of diet inert to post-larvae of severum.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1