Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Folha de amendoeira como aditivo em dietas para Betta splendens / Use of almond leaf as additive in diets for Betta splendens

Santos, E. L; Oliveira, W. D. S; Lima, M. R; Silva, L. L. A; Oliveira, J. M; Silva, T. J; Santos, C. I; Soares, E. C.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 72(1): 233-242, Jan.-Feb. 2020. tab
Artigo em Português | | ID: biblio-1088935

Resumo

O objetivo do presente estudo foi avaliar o desempenho zootécnico, os parâmetrosmorfométricos, o comportamento social, a viabilidade econômica e a análise microbiológica da água de cultivo e de tecidos corpóreos de Betta splendens alimentados com folha da amendoeira Terminalia catappa (FFDA) como aditivo. Foram utilizados 28 machos de Bettas, acondicionados individualmente em aquários de 1,5L, por 50 dias. O experimento foi realizado em delineamento experimental inteiramente ao acaso, com quatro tratamentos: 0,00%; 0,25%; 0,50% e 0,75% de inclusão da FFAD e sete repetições. Ao término do experimento, foram avaliados os parâmetros: desempenho zootécnico (ganho de peso diário, consumo de ração, conversão alimentar aparente, taxa de eficiência proteica, taxa de crescimento específico e fator de condição), morfométrico (comprimento total, padrão e da cabeça, altura, índice de perfil e índice de cabeça), comportamento social, viabilidade econômica da ração, análise microbiana do conteúdo intestinal, filé e escama e análise microbiológica da água. Pela ANOVA, pelo teste de Tukey e pela regressão (P>0,05), os parâmetros: peso final, ganho de peso, comprimento padrão, comprimento total e taxa de crescimento específico foram influenciados pelos tratamentos (P<0,05), apresentando um efeito quadrático. Assim, recomenda-se o nível de 0,50% de Terminalia catappa como aditivo em dietas de Betta splendens.(AU)
The objective of this study was to evaluate the performance, morphometric parameters, social behavior, economic viability, the presence of enterobacteria in the intestinal contents and a microbiological analysis of the water culture of Betta splendens fed with almond-tree-leaf flour (ATLF) as an additive. Twenty-eight male B. splendens were individually put in 1.5 L aquariums. The experiment was done in a completely randomized experimental design with four treatments: 0.00%; 0.25%; 0.50% and 0.75%, of the ATLF, dehydrated Terminalia catappa with seven repetitions each. At the end of the experimental period, the parameters were evaluated: performance (daily weight gain, feed intake, apparent feed conversion, protein efficiency rate, specific growth rate and condition factor), morphometric (total length, standard head, height, profile index and head index), social behavior, economic viability of the feed, microbial analysis of intestinal contents, fillet and scales, and microbiological analysis of the water. Though ANAVA, Tukey test and regression analysis (P> 0.05), the parameters: final weight, weight gain, standard length, total length and specific growth rate were influenced by the treatments (P< 0.05), presenting a quadratic effect. Therefore, the 0.50% level of Terminalia catappa is recommended as additive in Betta splendens diets.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1