Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Placa bloqueada em fratura tibiotársica de coruja suindara (Tyto furcata): relato de caso / Locking plate in tibiotarsal fracture in a suindara owl: case report

Pires, M. A. M; Amude, A. M; Machado, M. C. C; Freitas, S. H; Minto, B. W; Moi, T. S. M; Yamauchi, K. C. I.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 72(2): 493-498, Mar./Apr. 2020. ilus
Artigo em Português | | ID: biblio-1128385

Resumo

Foi atendida, no Hospital Veterinário da Universidade de Cuiabá, uma coruja suindara (Tyto furcata), resgatada pela Polícia Militar Ambiental, sem histórico, adulta e 400 gramas de peso corporal. A ave apresentava impotência funcional do membro pélvico direito, além de desvio, crepitação e dor na região proximal tibiotársica direita, sem lesão cutânea. Estudo radiográfico revelou fratura diafisária oblíqua curta em tibiotarso direito. A estabilização da fratura foi realizada com placa bloqueada do sistema de 1,5mm, na função de apoio, seis orifícios, com três parafusos monocorticais distais, dois parafusos monocorticais proximais e um parafuso bicortical proximal. Ao 30º dia do pós-operatório, os achados radiográficos de consolidação óssea e o retorno da função do membro permitiram a alta médica. Concluiu-se que o uso de placa bloqueada em função apoio para estabilização de fraturas tibiotársicas simples de coruja suindara oferece resultados satisfatórios.(AU)
An adult suindara owl (Tyto furcata), with no specific history and 400 grams of body weight was treated at the Veterinary Hospital of the University of Cuiabá. The patient presented functional impotence in the right pelvic limb, deviation, crepitation and pain in the proximal region in right tibiotarsal, without cutaneous lesions. Radiographs revealed a short oblique diaphyseal fracture at the right tibiotarsus. Fracture stabilization was performed with a 1.5mm locking plate, buttress, six holes; three distal monocortical screws, two proximal monocortical screws and a proximal bicortical screw. On the 30th postoperative day, radiographic revealed bone healing, and the return of limb function allowed medical discharge. It was concluded that the use of locking plates in buttress function to stabilize simple tibiotarsus fractures in suindara owl offers satisfactory results.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1