Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Substituição do milho pelo sorgo sobre o desempenho zootécnico e na digestibilidade em coelhos / Replacement of corn by sorghum on zootechnical performance and digestibility in rabbits

Parreira Filho, J. M; Fernandes, E. A; Guimarães, R. F. M; Oliveira, C. B; Freitas, B. B. B; Santana, L. F; Fudimoto, C; Parreira, I. F. B; Oliveira, P. M. L.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 72(3): 993-999, May-June, 2020. tab
Artigo em Português | | ID: biblio-1129706

Resumo

O milho é a principal fonte de energia nas dietas animais. Em algumas regiões brasileiras, sua disponibilidade, principalmente na entressafra, é insuficiente para atender à demanda, fazendo com que seu preço se eleve. Neste estudo, objetivou-se avaliar a substituição do milho pelo sorgo sobre o desempenho zootécnico e a digestibilidade em coelhos. Foram utilizados 60 animais machos da raça Nova Zelândia Branco, divididos em três tratamentos: ração base milho (TM); ração base sorgo (TS) e ração base 50% de milho + 50% de sorgo (TMS). No ensaio de desempenho, avaliou-se ganho de peso (GP), consumo de ração (CR), conversão alimentar (CA), coeficientes de digestibilidade da matéria seca (CDMS), proteína bruta (CDPB), fibra em detergente neutro (CDFDN) e fibra em detergente ácido (CDFDA). Observou-se que o CRM, a CA e o GPM não foram afetados pela substituição do milho pelo sorgo, nos níveis de 50% e 100%. Os resultados de digestibilidade demonstraram maiores CDPB e CDFDN na ração base milho, não havendo diferenças entre os demais parâmetros estudados. O sorgo com baixo teor de tanino pode ser usado nas rações de crescimento de coelhos em níveis de substituição de 50% ou 100% da participação do milho, sem prejuízos para o desempenho zootécnico e a digestibilidade.(AU)
Corn is the main source of energy in animal diets. In some Brazilian regions, its availability, especially in the off-season, may be insufficient to meet demand, which causes prices to increase. In this context, the aim of this study was to evaluate the substitution of maize by sorghum on the performance and digestibility of rabbits. Sixty New Zealand White bucks were used, divided in three treatments, maize base ration (TM); based on grain sorghum ration (TS) and base ration 50% corn + 50% sorghum grain (TMS). In the performance test, weight gain (GP), feed intake (CR) and feed conversion ratio (CA) were evaluated. In the digestibility assay, 21 animals were used. The total dry matter (CDMS), crude protein (CDPB), gross energy (EB), neutral detergent fiber (CDFDN) and acid detergent fiber (CDFDA) coefficients were evaluated. There was no significant difference for any of the performance parameters studied (P > 0.05). The digestibility results showed higher CDPB and CDFDN in the corn diet (P <0.05), with no differences between the other parameters studied. Low tannin sorghum can be used in rabbit growth diets at substitution levels of 50% or 100% of maize participation without impairing zootechnical performance and digestibility.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1