Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Suplementação com óleos ricos em ácidos graxos poli-insaturados na dieta de leitões na fase de creche: efeitos no desempenho, na resposta inflamatória, no perfil lipídico e no "status" oxidativo / Supplementation with oils rich in polyunsaturated fatty acids in the diet of pigs in the nursery phase: effects on performance, inflammatory response, lipid profile and oxidative "status"

Bezerra, B. M. O; Parente, R. A; Andrade, T. S; Watanabe, P. H; Evangelista, J. N. B; Nunes-Pinheiro, D. C. S.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 72(3): 1009-1016, May-June, 2020. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1129717

Resumo

Nos sistemas de produção, os produtos naturais vêm se destacando na substituição a produtos sintéticos, dentre eles podemos ressaltar os óleos vegetais ricos em ácido graxos poli-insaturados (PUFA), que são conhecidos, popularmente, por seus efeitos benéficos. Dessa forma, o objetivo com este trabalho foi avaliar os efeitos da suplementação dos óleos de pequi (Caryocar brasiliense) e girassol (Helianthus annus) sobre parâmetros fisiológicos em leitões na fase de creche. Foram utilizados 180 leitões alojados em granja comercial, distribuídos em três grupos (n=60) conforme suplementação alimentar: óleo de pequi, óleo de girassol e controle negativo. Amostras de sangue e o peso dos animais foram obtidos nos intervalos de quatro trocas de rações da fase de creche para avaliação do desempenho, da resposta inflamatória, do perfil lipídico e do "status" oxidativo. Os parâmetros fisiológicos mensurados demonstraram que os óleos interferiram positivamente na resposta inflamatória sistêmica, por meio dos leucócitos totais e da relação neutrófilo/linfócito (P<0,05); no equilíbrio oxidante-antioxidante, por mensuração de óxido nítrico e do malondialdeído (P<0,05); e no metabolismo lipídico, com a avaliação de colesterol total e triglicérides (P<0,05). Por outro lado, esses óleos vegetais interferiram no ganho de peso e no consumo de ração (P<0,05). Assim, concluí-se que a suplementação com óleos de pequi e girassol melhora a saúde dos animais, mas tem impacto negativo no desempenho zootécnico de leitões na fase de creche.(AU)
In production systems, natural products have been outstanding in replacing synthetic products, among them, we can highlight the vegetable oils rich in polyunsaturated fatty acids (PUFA) that are popularly known for their beneficial effects. Thus, the objective of this study was to evaluate the effects of pequi (Caryocar brasiliense) and sunflower (Helianthus annus) oil supplementation on nursery physiological parameters. We used 180 piglets housed in a commercial farm, distributed in 3 groups (n=60) according to food supplementation: pequi oil, sunflower oil and negative control. Blood samples and animal weight were obtained at intervals of four nursery phase rations to evaluate performance, inflammatory response, lipid profile and oxidative status. The physiological parameters measured showed that the oils positively interfered in the systemic inflammatory response through total leukocytes and neutrophil / lymphocyte ratio (P<0.05), in the oxidant-antioxidant balance by measuring nitric oxide and malondialdehyde (P<0.05). and lipid metabolism with the assessment of total cholesterol and triglycerides (P<0.05). On the other hand, these vegetable oils interfered with weight gain and feed intake (P<0.05). Thus, it can be concluded that supplementation with pequi and sunflower oils improves animal health, but has a negative impact on the piglet's performance in the nursery phase.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1