Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Valores energéticos e composição bromatológica do resíduo seco de fecularia associado a carboidrases para frangos de corte em fase de crescimento / [Energy value and bromatological composition of dry residue of cassava associated with carbohydrases for grower broilers]

Silva, I. M; Broch, J; Wachholz, L; Souza, C. de; Pires Filho, I. C; Eyng, C; Tsutsumi, C. Y; Nunes, R. V.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 72(4): 1504-1510, July-Aug. 2020. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1131478

Resumo

Foram determinados os valores energéticos e a composição bromatológica do resíduo seco de fecularia (RSF) para frangos de corte, na fase de crescimento, utilizando ou não enzimas carboidrases. Os tratamentos foram distribuídos em esquema fatorial 2x4 + ração referência, sendo uma RR sem adição de RSF e quatro tratamentos experimentais com 10%, 20%, 30% e 40% de inclusão do RSF e a suplementação ou não com carboidrases. A composição química encontrada para o RSF, na MN, foi de 89,86% de matéria seca, 0,98% de proteína bruta, 3519kcal kg-1 de energia bruta, 0,19% de extrato etéreo, 27% de fibra em detergente neutro, 19,5% de fibra em detergente ácido, 0,33% de cálcio, 0,43% de fósforo, 0,46% de potássio e 0,12% de magnésio. O uso de carboidrases proporcionou um aumento de 173 e 213kcal kg-1 nos valores de EMA e EMAn, respectivamente, resultando em 1828kcal kg-1 EMA e 1840kcal kg-1 EMAn. Concluiu-se que os maiores níveis de EMA e EMAn foram encontrados para o nível de inclusão médio do RSF de 35% e que a suplementação enzimática pode promover aumento desses parâmetros em até 12% em dietas para frangos de corte na fase de crescimento.(AU)
The energetic values and the bromatological composition of the dry residue of cassava (DRC) were determined for growing broilers with or without carbohydrase enzymes. The treatments were distributed in a 2x4 + reference diet factorial scheme, with one RD without addition of DRC and four experimental treatments with 10, 20, 30 and 40% inclusion levels of RSF and supplementation or not with carbohydrases. The chemical composition found for DRC in natural matter was 89.86% dry matter, 0.98% crude protein, 3519kcal kg-1 gross energy, 0.19% ether extract, 27% neutral detergent fiber, 19.5% of acid detergent fiber, 0.33% of calcium, 0.43% of phosphorus, 0.46% of potassium and 0.12% of magnesium. The use of carbohydrase resulted in an increase of 173 and 213kcal kg-1 in EMA and EMAn values, respectively, resulting in 1828kcal kg-1 EMA and 1840kcal kg-1 EMAn. It was concluded that the highest levels of AME and AMEn were found for the mean inclusion level of the DRC of 35% and that enzymatic supplementation may promote the increase of these parameters by up to 12% in broiler diets in the growth phase.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1