Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Molecular detection and clinical aspects of porcine circovirus 3 infection in pigs from Brazil / [Detecção molecular e aspectos clínicos da infecção por circovírus suíno 3 em suínos do Brasil]

Cruz, A. C. M; Rodrigues, I. L. F; Souza, A. E; Knackfuss, F. B; Silveira, R. L; Castro, T. X.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 72(5): 1731-1736, Sept.-Oct. 2020. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1131535

Resumo

Porcine circovirus 3 (PCV-3) DNA has been detected in serum samples from apparently healthy pigs as well as pigs with different clinical conditions. Molecular detection of PCV-3 was observed in swine serum samples from Southeastern - Brazil using a nested PCR designed specifically for this study. The epidemiology and clinical aspects of PCV-3 infection were evaluated. The samples originated from 154 pigs of both genders from different production phases and with different clinical presentations, sampled from 31 pig farms visited between 2013 and 2018. In this study, PCV-3 was detected in 26.7% of samples from all populations across varying ages. Statistical association (P=0.0285) was observed only between animals with respiratory signs and PCV-3; no PCV-3-positive animal had diarrhea. No statistical association was observed between PCV-3 and age, or gender of the pigs. Because PCV-3 is a newly discovered virus, there is very little information about its epidemiology. We hope that these data can help in future studies investigating PCV-3 epidemiology.(AU)
O DNA do circovírus suíno 3 (PCV-3) foi detectado em amostras de soro de suínos aparentemente saudáveis, bem como em suínos com diferentes condições clínicas. A detecção molecular do PCV-3 foi observada em amostras de soro de suínos da região Sudeste do Brasil, com uma nested PCR desenhada especificamente para este estudo. A epidemiologia e os aspectos clínicos da infecção por PCV-3 foram avaliados. As amostras foram coletadas de 154 suínos de ambos os sexos, de diferentes fases de produção e com diferentes sinais clínicos. Os animais pertenciam a 31 granjas visitadas entre 2013 e 2018. Neste estudo, o PCV-3 foi detectado em 26,7% das amostras de animais saudáveis e de animais com variados sinais clínicos, de ambos os sexos e de idades variadas. Associação estatística (P=0,0285) foi observada apenas entre animais com sinais respiratórios e PCV-3; nenhum animal positivo para PCV-3 apresentava diarreia. Não foi observada associação estatística entre o PCV-3 e a idade ou o sexo dos suínos. Por se tratar de um vírus recém-descoberto, existem poucas informações sobre sua epidemiologia. Espera-se que os dados deste trabalho possam contribuir para futuros estudos sobre a epidemiologia do PCV-3.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1