Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Lymphocyte proliferative responses in dairy cows supplemented with an immunomodulatory feed additive and administered polyvalent vaccination / [Proliferação de linfócitos em vacas leiteiras suplementadas com um aditivo alimentar imunomodulador e vacinadas com vacina polivalente]

Souza, F. N; Leiva, T; Rodrigues, R. O; Gandin Júnior, J. R; Drago, E; Gomes, R. C; Santos, K. R; Blagitz, M. G; Della Libera, A. M. M. P; Vasconcelos, J. L. M; Heinemann, M. B.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 72(6): 2397-2401, Nov.-Dec. 2020. graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1142296

Resumo

O presente estudo avaliou o efeito da suplementação com OmniGen-AF® na proliferação de linfócitos e títulos de anticorpos após vacinação em bovinos leiteiros. Amostras de sangue periférico foram coletadas de 32 vacas leiteiras para quantificação dos títulos de anticorpos anti-Leptospira, e amostras de sangue periférico de 16 vacas leiteiras foram também coletadas para avaliação da proliferação de linfócitos. Observou-se que a suplementação com OmniGen-AF® aumentou a proliferação basal de linfócitos (sem estímulos) 21 dias após a vacinação (P=0,03), apesar de reduzir a proliferação de linfócitos B quando estimulada com Leptospira borgpetersenii serovar Hardjo inativada pelo calor (P=0,03). Ademais, nenhum efeito da suplementação sobre a proliferação de linfócitos no momento imediatamente anterior à vacinação e nos títulos de anticorpos anti-Leptospira foi encontrado. Além disso, a proliferação de linfócitos estimulada com lipopolissacarídeos foi maior em vacas multíparas que em primíparas 21 dias após a vacinação (P=0,03). Desse modo, o presente estudo demonstra que a suplementação com OmniGen-AF® não afetou de forma robusta a proliferação de linfócitos e os títulos de anticorpos anti-Leptospira após vacinação em vacas leiteiras sadias.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1