Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Serum biochemistry profile of laying hens fed diets with fish waste oil / [Parâmetros bioquímicos sanguíneos de poedeiras leves alimentadas com rações contendo óleo do resíduo de pescado]

Brelaz, K. C. B. T. R; Cruz, F. G. G; Rufino, J. P. F; Brasil, R. J. M; Silva, A. F; Santos, A. N. A.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 73(1): 223-230, Jan.-Feb. 2021. tab
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1153065

Resumo

The present study aimed to evaluate increasing levels of fish waste oil in diets for laying hens on serum biochemistry profile. 192 Hisex White laying hens at 29 weeks of age were used, with water and food ad libitum. The experimental design was completely randomized consisting of eight treatments corresponding to the inclusion levels of fish waste oil (0, 0.5, 1.0, 1.5, 2.0, 2.5, 3.0 and 3.5%) in the diets, with four replicates of six birds each. Data collected were subjected to polynomial regression at 5% of significance. Significant differences (P<0.05) were observed in triglycerides, glucose, total cholesterol, and uric acid. These parameters presented a decrease when hens fed diets with higher level of fish waste oil. The results of the present study indicated that the inclusion of fish waste oil caused a significant effect in the serum biochemical profile of laying hens, especially in glucose, triglycerides, total cholesterol, and uric acid concentrations. The inclusion level of 3.5% of fish waste oil caused larger disequilibrium in the serum biochemical profile of laying hens.(AU)
O presente estudo objetivou avaliar os níveis crescentes de óleo de resíduo de pescado em dietas para poedeiras leves sobre o perfil bioquímico sérico. Foram utilizadas poedeiras Hisex White com 29 semanas, com água e ração ad libitum. O delineamento experimental foi inteiramente ao acaso, consistindo de oito tratamentos correspondentes aos níveis de inclusão de óleo de resíduo de pescado (0; 0,5; 1,0; 1,5; 2,0; 2,5; 3,0 e 3,5%) nas dietas, com quatro repetições de seis aves cada. Os dados coletados foram submetidos à regressão polinomial a 5% de significância. Diferenças significativas (P<0,05) foram observadas nas concentrações de triglicerídeos, glicose, colesterol total e ácido úrico. Esses parâmetros apresentaram uma diminuição quando as aves se alimentaram com rações contendo maior nível de óleo do resíduo de pescado. Os resultados do presente estudo indicaram que a inclusão de óleo do resíduo de pescado acarretou um efeito significativo no perfil bioquímico sérico de poedeiras, principalmente nas concentrações de glicose, triglicerídeos, colesterol total e ácido úrico. O nível de inclusão de 3,5% do óleo do resíduo de pescado acarretou maior desequilíbrio no perfil bioquímico sérico das poedeiras.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1