Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Clinical-pathological and immunohistochemical evaluations of cardiac lesions in cats with chronic kidney disease / Avaliações clínico-patológica e imuno-histoquímica de lesões cardíacas em gatos com doença renal crônica

Cid, Gabriela C; Jardim, Mariana P. B; Jesus, Amanda C; Costa, Samay Z. R; Gonçalves, Ilka N; Peixoto, Tiago C; Souza, Heloisa J. M; Nogueira, Vivian A.
Pesqui. vet. bras; 40(12): 1002-1009, Dec. 2020. tab, ilus
Artigo em Inglês | | ID: biblio-1155035

Resumo

Chronic kidney disease (CKD) is characterized by irreversible morphostructural lesions that can progressively evolve to chronic renal insufficiency and kidney failure. It is known that the heart and kidneys are closely related, and that communication between these organs occurs through a variety of pathways; subtle physiological changes in one of them are compensated by the other. Histopathological cardiac evaluation through routine staining presents a limitation to identify specific or discreet lesions in the cardiomyocytes. This study aimed to evaluate serum troponin levels in cats with CKD, associated with clinical and pathological findings, as well as to correlate the morphostructural cardiac lesions to determine their distribution through macroscopic and histological assessments and anti-cardiac troponin C (cTnC) immunohistochemistry (IHC). To this end, 20 cats (18 diagnosed with CKD and two controls) were selected. Anti-human cTnC IHC was conducted after necropsy and separation in eight regions of each collected heart. Heart fragments from two cats without CKD were used as controls. The anti-human cTnC antibody is useful in detecting cardiac lesions and has shown decreased expression in cardiomyocytes of cats with CKD. Serum troponin was above the reference values in 11/18 (61.11%) animals and decreased expression for the cTnC antibody was observed in individual cardiomyocytes in 9/18 (50%) animals. It was verified that the number of regions with decreased expression for the cTnC antibody in cardiomyocytes is significantly correlated with serum troponin. The anti-human cTnC antibody has been found effective in detecting cardiac lesions and has shown decreased expression in the cardiomyocytes of cats with CKD. Correlation was observed between increased serum cTnI and loss of immunoreactivity at anti-cTnC antibody IHC in cats with CKD, which proves damage to cardiomyocytes secondary to kidney disease.(AU)
A doença renal crônica (DRC) é caracterizada por lesões morfoestruturais irreversíveis, que podem evoluir progressivamente para insuficiência renal crônica e falência renal. Sabe-se que o coração e os rins mantêm estreita relação e a comunicação entre esses órgãos ocorre por uma variedade de vias; alterações fisiológicas sutis em um desses órgãos são compensadas pelo outro. A avaliação histopatológica cardíaca mediante a colorações rotineiras são limitadas para identificar lesões específicas ou discretas em cardiomiócitos. O presente trabalho teve como objetivos avaliar os níveis séricos de troponina em gatos com DRC, associados aos achados clínico-patológicos, bem como correlacionar as lesões cardíacas morfoestruturais, a fim de determinar a distribuição destas, por meio da avaliação macroscópica, histológica e imuno-histoquímica com anti-cTnC. Neste estudo foram selecionados 20 gatos (18 diagnosticados com DRC e 2 animais controle). Para a aplicação da técnica de imuno-histoquímica anti-troponina C humana, necropsias foram realizadas e cada coração coletado separadamente em 8 regiões. Fragmentos do coração de 2 gatos sem lesão cardíaca foram utilizados como controle. O anticorpo anti-TnC humano é útil na detecção de lesões cardíacas e apresentou expressão diminuída em cardiomiócitos de gatos com DRC. Em 11/18 animais (61,11%) a troponina sérica encontrava-se acima dos valores de referência e foram observadas diminuição da expressão para anticorpo-cTnC em cardiomiócitos individuais em 9/18 (50%). Notou-se que o número de regiões com diminuição da expressão para anticorpo-cTnC em cardiomiócitos está significativamente correlacionado com a troponina sérica. O anticorpo anti-TnC humano se mostrou eficaz para detectar lesões cardíacas e demonstrou diminuição da expressão nos cardiomiócitos de gatos com DRC. Houve correlação entre o aumento da CTnI sérica e perda da imunorretividade na avaliação imuno-histoquímica com anticorpo anti-TnC em gatos com DRC o que comprova danos em cardiomiócitos secundários a doença renal.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1