Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Breeding and reproductive behaviour of the neo-tropical opossum, Didelphis marsupialis insularis, Allen 1902 under captive conditions / Reprodução e comportamento reprodutivo do gambá neotropical, Didelphis marsupialis insularis, Allen 1902, em condições de cativeiro

Tardieu, L; Garcia, G W.
Braz. j. biol; 82: e240724, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-1249270

Resumo

Developing a captive breeding system for the widely hunted Caribbean species of opossum Didelphis marsupialis insularis can greatly aide in the management and conservation of this species in the neo-tropics. Although this species possesses ideal traits for captive breeding in this region (tolerance to high heat and humidity, high reproductive rate, and resistance to disease), challenges due to its aggressive behaviour and limited information on its breeding behaviour have prevented a system from being developed for this species. The present study describes a breeding system, and the reproductive behaviour of this species under captive conditions. Six (1 male; 5 females) adult opossums were maintained and managed for breeding over a ten (10) month period. Pouch litter sizes averaged 5±2.5 with a range of 2 to 8. Gestation length was found to be 13.25±0.96 days and 4 litters (n=23) were successfully weaned at 11-13 weeks. It was found that the male D. m. insularis exhibits behaviours of interest that can serve as indicators for receptivity of the female, and overall, that this species can be successfully reared and bred under captive conditions in the neo-tropics.
O desenvolvimento de um sistema de criação em cativeiro para as espécies de gambá do Caribe amplamente caçadas, Didelphis marsupialis insularis, pode auxiliar bastante no manejo e conservação dessa espécie nos neotrópicos. Embora essa espécie possua características ideais para a criação em cativeiro nessa região (tolerância a altas temperaturas e umidade, alta taxa de reprodução e resistência a doenças), alguns fatores, como o seu comportamento agressivo e informações limitadas sobre seu comportamento reprodutivo, impediram o desenvolvimento de um sistema para D. m. insularis. O presente estudo descreve um sistema de criação e o comportamento reprodutivo dessa espécie em condições de cativeiro. Seis gambás adultos (1 macho e 5 fêmeas) foram mantidos para reprodução durante um período de 10 meses. O tamanho da ninhada em bolsa foi em média de 5 ± 2,5 com um intervalo de 2 a 8. A duração da gestação foi de 13,25 ± 0,96 dias, e 4 ninhadas (n = 23) foram desmamadas com sucesso de 11 a 13 semanas. Verificou-se que o macho D. m. insularis exibe comportamentos de interesse que podem servir como indicadores de receptividade da fêmea, e, em geral, essa espécie pode ser criada com sucesso em condições de cativeiro nos neotrópicos.
Biblioteca responsável: BR1.1