Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Haptoglobin and its association with naturally occurring diseases in Holstein heifer calves / [Haptoglobina e sua associação com doenças ocorridas naturalmente em bezerras da raça Holandesa]

Ramos, J. S; Madureira, K. M; Silva, K. N. da; Bosco, K. A; Morita, L. M; Guimarães, J. E; Gomes, V.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 73(3): 551-559, May-June 2021. graf
Artigo em Inglês | | ID: biblio-1278350

Resumo

The present study evaluated the use of haptoglobin (Hp) as an indicator of health and performance in 166 Holstein heifer calves reared in an intensive production system. Calves were evaluated at D6-9; D10-13; D20-23; D35-38 and D65-68, corresponding to the days of life. The absence or presence of diseases was evaluated by physical examination and classification of scores. The performance parameters evaluated were body weight, height at withers and hind width. Hp was measured by spectrophotometric technique. The highest prevalence of diarrhea (59.4%; 98/165) was observed in D10-13, bovine respiratory disease (BRD) was on D35-38 (25.8%; 42/163), and umbilical inflammations in D6-D9 (7.8%; 13/166). Highest values of Hp were observed in animals with diarrhea (P=0.02), and umbilical inflammation (P=0.057), in comparison with the group of healthy calves. A significant negative correlation was observed between Hp and performance index. This protein presented an important relation with diarrhea and performance of the calves, opening perspectives on its utilization as a biomarker of diseases.(AU)
O presente estudo avaliou o uso da haptoglobina (Hp) como indicadora de sanidade e desempenho em 166 bezerras Holandesas criadas em um sistema de produção intensivo. As bezerras foram avaliadas nos momentos D6-9; D10-13; D20-23; D35-38 e D65-68, sendo estes correspondentes aos dias de vida. A ausência ou a presença de doenças foi avaliada por meio do exame físico e da classificação por escores. Os parâmetros de desempenho avaliados foram peso corporal, altura de cernelha e largura de garupa. A Hp foi mensurada por técnica espectrofotométrica. A maior prevalência de diarreia (59,4%; 98/165) foi observada em D10-13, doença respiratória bovina (DRB) ocorreu em D35-38 (25,8%; 42/163) e inflamações umbilicais em D6-D9 (7,8%; 13/166). O valor de Hp foi maior nos animais que apresentaram diarreia (P=0,02) e inflamações umbilicais (P=0,057), em comparação ao grupo de bezerras saudáveis. Houve correlação negativa significativa entre a Hp e os índices de desempenho. Essa proteína apresentou uma importante relação com a diarreia e com o desempenho das bezerras, abrindo perspectivas sobre a sua utilização como biomarcadora de doenças.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1