Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

The Serra Spanish mackerel fishery (Scomberomorus brasiliensis - Teleostei) in Southern Brazil: the growing landings of a high trophic level resource / A pesca da cavala, Scomberomorus brasiliensis (Teleostei), no sul do Brasil: o aumento nos desembarques de um recurso de alto nível trófico

Chaves, P. T. C.; Birnfeld, P. O..
Braz. j. biol; 83: e246180, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1278550

Resumo

Abstract In fisheries, the phenomenon known as fishing down food webs is supposed to be a consequence of overfishing, which would be reflected in a reduction in the trophic level of landings. In such scenarios, the resilience of carnivorous, top predator species is particularly affected, making these resources the first to be depleted. The Serra Spanish mackerel, Scomberomorus brasiliensis, exemplifies a predator resource historically targeted by artisanal fisheries on the Brazilian coast. The present work analyzes landings in three periods within a 50-year timescale on the Parana coast, Southern Brazil, aiming to evaluate whether historical production has supposedly declined. Simultaneously, the diet was analyzed to confirm carnivorous habits and evaluate the trophic level in this region. Surprisingly, the results show that from the 1970's to 2019 Serra Spanish mackerel production grew relatively to other resources, as well as in individual values. The trophic level was calculated as 4.238, similar to other Scomberomorus species, consisting of a case where landings increase over time, despite the high trophic level and large body size of the resource. The results agree with a recent global assessment that has demystified a necessary correlation between high trophic level and overexploitation, but possible factors acting on the present findings are discussed.
Resumo Na pesca, o fenômeno fishing down food webs, ou 'pescando teias tróficas abaixo', expressa a redução do nível trófico na composição das capturas, e tem origem tradicionalmente atribuída à sobrepesca. Sob intenso extrativismo, a resiliência das espécies carnívoras, predadoras de topo, é particularmente afetada, sendo seus estoques os primeiros a entrarem em depleção. A cavala, ou serra, ou sororoca, Scomberomorus brasiliensis, é exemplo de recurso predador historicamente alvo da pesca artesanal, de pequena escala, na costa brasileira. O presente trabalho analisa os valores de desembarque do recurso em três períodos ao longo de 50 anos na costa paranaense, sul do Brasil, com objetivo de avaliar se sua produção tem efetivamente diminuído. Ainda, estuda-se a dieta da espécie na região, para confirmar seus hábitos carnívoros e avaliar o nível trófico na região. Os resultados mostram que, surpreendentemente, dos anos 1970 para 2019 a produção de S. brasiliensis tem aumentado em valores absolutos, bem como relativamente à de outros recursos, em que pese o nível trófico 4,238, similar a outras espécies do gênero. Constata-se que a pesca da cavala na região de estudo constitui um caso de aumento nos desembarques a despeito de elevado nível trófico e grande tamanho corpóreo. Os resultados concordam com recente levantamento em nível mundial, que nega existir correlação necessária entre sobrepesca e nível trófico alto, mas fatores que podem explicar os resultados do presente trabalho são discutidos.
Biblioteca responsável: BR1.1