Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Physiological and biochemical changes in 'Fuyu' persimmon buds during dormancy / Alterações fisiológicas e bioquímicas em gemas de caquizeiro 'Fuyu' durante a dormência

Pereira, Gabriely Pinto; Francisco, Felipe; Maia, Aline José; Botelho, Renato Vasconcelos; Biasi, Luiz Antonio; Carvalho, Ruy Inacio Neiva de; Zanette, Flávio.
Ciênc. rural (Online); 52(1): e20200955, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1286036

Resumo

ABSTRACT: This study identified physiological and biochemical changes in 'Fuyu' persimmon buds during dormancy. Branches were collected between March and August 2015. Dormancy was evaluated by biological testing of isolated node cuttings at 25 °C and a photoperiod of 16 h. The variables analyzed were water content; reducing sugar content; respiratory activity; activity of superoxide dismutase (SOD), catalase (CAT), ascorbate peroxidase (APX), guaiacol peroxidase (POD) and polyphenol oxidase (PPO) enzymes; hydrogen peroxide content (H2O2) and lipid peroxidation. At the end of March 2015, the plants were already dormant, and the leaves and fruits present indicated a paradormancy effect. Induction of endodormancy may have occurred in June 2015, when chilling hours (CH) below 7.2 °C and higher CH below 12 °C began to accumulate, which coincided with the period in which there was a decrease in water content and respiratory activity, an increase in reducing sugars, a decrease in SOD, CAT, APX and PPO and an increase in H2O2. After an accumulation of 553 CH below 12 °C, the budburst capacity increased, and the buds presented increased water content, decreased reducing sugars content, increased respiratory activity, low activity in SOD, CAT, APX and POD and high levels of H2O2.
RESUMO: O objetivo deste trabalho foi identificar alterações fisiológicas e bioquímicas em gemas de caquizeiro 'Fuyu' durante a dormência. Ramos foram coletados entre março e agosto de 2015. A dormência foi avaliada pelo teste biológico de estacas de nós isolados, a 25 °C e fotoperíodo de 16 h. As variáveis analisadas foram umidade ponderal, teor de açúcares solúveis, atividade respiratória, atividade das enzimas superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT), ascorbato peroxidase (APX), guaiacol peroxidase (POD) e polifenoloxidase (PPO), teor de peróxido de hidrogênio (H2O2) e peroxidação lipídica. No final de março de 2015 as plantas já estavam dormentes, as folhas e frutos presentes indicam efeito de paradormência. A indução da endodormência pode ter ocorrido em junho de 2015, quando iniciou acúmulo de horas de frio (HF) abaixo de 7,2 °C e maiores HF abaixo de 12 °C, que coincidiu com o período que houve diminuição da umidade e da atividade respiratória, aumento dos açúcares redutores, diminuição da atividade da SOD, CAT, APX e PPO e aumento de H2O2. Após acúmulo de 553 HF abaixo de 12 °C, a capacidade de brotação aumentou e as gemas apresentaram aumento da umidade, diminuição do teor de açúcares redutores, aumento da atividade respiratória, baixa atividade da SOD, CAT, APX e POD e elevados teores de H2O2.
Biblioteca responsável: BR1.1