Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Use of anti-tick drugs in dairy farms in the microregion of Alfenas, Minas Gerais, Brazil / Uso de carrapaticidas em fazendas leiteiras na microrregião de Alfenas, Minas Gerais, Brasil

Nascimento, Ariane Flávia do; Natel, Andressa Santanna; Viana, Laís Maria; Melo, Caroline Lopes de; Lacerda, Yasmim Gonçalves; Lima, Melki Kolbert; Esteves, Gabriella Fuzzari.
Rev. bras. parasitol. vet; 30(1): e020620, 2021. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1288685

Resumo

Abstract Ectoparasitic infestation in dairy cattle, the most common being Rhipicephalus (Boophilus) microplus, causes significant loss in production. The control of ectoparasites often occurs incorrectly, resulting in resistance to the active ingredients and residues in milk. To understand of acaricide use in the microregion of Alfenas, Minas Gerais (Brazil), questionnaires were applied to the owners of 100 dairy farms in the region and were selected randomly. Dairy farms were allocated according to production scale: up to 150 liters/day, 151-400 liters/day and more than 400 liters/day. The interviewees were asked about production characteristics, acaricide management and active ingredients. The interview answers were subjected to descriptive analysis. Results showed that all properties, independent of production-scale, used acaricides. The most cited was: Cypermethrin Chlorpyrifos Citronellal (31%), Fluazuron (18.6%) and Fipronil (17%). Among the interviewed, 41,1% use drugs that have restrictions that are not allowed in legislation for use in lactating dairy cows (fluazuron, fipronil, ivermectin). 15% affirmed they weren't aware of the "withdrawal period" of medication and 73% change in the active ingredient used. In order to revert this antiparasitic drug's resistance situation and contamination of milk with drug residues, it is necessary to focus on the awareness of milk producers and training of labor.
Resumo A infestação por ectoparasitas em bovinos leiteiros, sendo o mais comum o Rhipicephalus (Boophilus) microplus, causa prejuízos significativos na produção. No entanto, o controle dos ectoparasitas geralmente ocorre incorretamente, resultando em resistência aos princípios ativos e presença de resíduos no leite. Para entender os padrões de uso de acaricidas na microrregião de Alfenas, Minas Gerais, Brasil, foram aplicados questionários aos proprietários de 100 fazendas leiteiras que foram classificadas de acordo com uma escala de produção: até 150 litros/dia, de 151 a 400 litros/dia e mais de 400 litros/dia. Os entrevistados foram questionados sobre características da produção, manejo do acaricida de gado e conhecimento sobre os princípios ativos. Todas as propriedades, independentemente da escala de produção, usavam acaricidas. Foram citados com maior frequência: Cipermetrina + Clorpirifós + Citronelal (31%), Fluazuron (18.6%) e Fipronil (17%). Entre os produtores entrevistados, 41,1 % fazem uso de drogas com restrição que não são atualmente permitidas na legislação para uso em vacas em lactação (fluazuron, fipronil, ivermectina). 15% dos produtores de leite afirmaram não estar cientes do "período de carência" dos medicamentos; outros relatam trocas constantes do princípio ativo utilizado. Para reverter a situação do uso indiscriminado de antiparasitários, é necessário focar na conscientização dos produtores de leite e na formação do trabalho.
Biblioteca responsável: BR1.1