Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Ingestive behavior of lambs fed with guava agro-industrial waste ( Psidium guajava ) / Comportamento ingestivo de cordeiros alimentados com resíduo agroindustrial de goiaba (Psidium guajava)

NOBRE, Priscila Torres; COSTA, Roberto Germano; RIBEIRO, Neila Lidiany; CARVALHO, Francisco Fernando Ramos de; CRUZ, George Rodrigo Beltrão da; MARTINS, Fabrício Ehm; SILVA, André Carlos Raimundo da.
Rev. bras. saúde prod. anim; 22: e2122192021, 2021. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1289023

Resumo

ABSTRACT The objective of this work was to evaluate the effect of increasing levels of guava agro-industrial waste (GAW) on the ingestive behavior of Santa Inês lambs. Forty non-castrated sheep of the Santa Inês breed were used, at an initial weight of 21.33 ± 2.62 kg, and at the age of 120 days, distributed in a completely randomized design, with five treatments and fed with increasing GAW levels (0.0, 7.5, 15.0, 22.5 and 30.0%). The average daily gain (ADG) showed orthogonal contrast (P <0.05), in which the animals that ingested the control diet had lower performances. The animals with GAW added to the diet obtained more significant weight gains reflected by a better feed conversion. Among the variables, idleness, feeding, and total chewing time had a significant effect (P<0.05); animals spent more time idle at the 30.0% inclusion level and less time in the control group. However, the means of the 7.5, 15.0, and 22.5% GAW inclusion levels were statistically similar to the control group and the 30.0% level. There was a significant effect (P<0.05) on feed efficiency, with the lowest values being presented for the control group and the highest values at the 30% inclusion level of GAW. The 30.0% GAW feed for lambs in confinement reduces feed time, and total chewing prolongs idleness and increases feed efficiency without compromising dry matter intake, neutral detergent fiber intake, and ADG.
RESUMO O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da inclusão de níveis crescentes de resíduo agroindustrial de goiabeira (RAG) no comportamento ingestivo de cordeiros Santa Inês. Foram utilizados 40 cordeiros não castradas da raça Santa Inês, com peso inicial de 21,33 ± 2,62 kg e idade de 120 dias, distribuídos em delineamento inteiramente casualizado, com 5 tratamentos e alimentados com níveis crescentes de GAW (0,0; 7,5, 15,0, 22,5 e 30,0%). O ganho médio diário (GMD) apresentou contraste ortogonal (P <0,05), no qual os animais que ingeriram a dieta controle tiveram desempenho inferior. Os animais com GAW adicionado à dieta obtiveram maiores ganhos de peso refletidos em uma melhor conversão alimentar. Entre as variáveis, ociosidade, alimentação e tempo total de mastigação tiveram efeito significativo (P <0,05); os animais passaram mais tempo ociosos no nível de inclusão de 30,0% e menos tempo no grupo controle. No entanto, as médias dos níveis de inclusão de 7,5, 15,0 e 22,5% no GAW foram estatisticamente semelhantes às do grupo controle e ao nível de 30,0%. Houve efeito significativo (P <0,05) na eficiência alimentar, com os menores valores sendo apresentados para o grupo controle e os maiores valores no nível de inclusão de 30% do GAW. A alimentação de 30,0% GAW para cordeiros em confinamento reduz o tempo de alimentação e mastigação total, prolonga a ociosidade e aumenta a eficiência alimentar sem comprometer o consumo de matéria seca e de fibra em detergente neutron e GMD.
Biblioteca responsável: BR1.1