Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Distribution, abundance and seasonality of scale insects in sugarcane crops in the state of São Paulo / Distribuição, abundância e sazonalidade de cochonilhas em culturas de cana-de-açúcar no estado de São Paulo

Monteiro, G G; Peronti, A L B G; Martinelli, N M.
Braz. j. biol; 83: e250879, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | MEDLINE | ID: biblio-1339383

Resumo

Abstract In the state of São Paulo, the main sugarcane producing region of the world, two species of scale insects have frequently occurred, Aclerda takahashii (Kuwana, 1932) (Hemiptera: Aclerdidae) and Saccharicoccus sacchari (Cockerell, 1895) (Hemiptera: Pseudococcidae). To map the distribution and abundance of these species, 17 sugarcane producing fields, distributed in six mesoregions in São Paulo, were evaluated in August 2017 and, January, February, June and July 2018 during the ripening phase. The study on the seasonality of these species, by the presence or absence of the scale insects during the phenological cycle of the plant, was conducted between August 2017 and July 2018 in two sugarcane producing fields in the municipality of Jaboticabal, São Paulo, Brazil. The presence of S. sacchari was found in all the analyzed locations, and A. takahashii in twelve. Both scale insects showed significant difference of infestation in the node's region of the stems during the ripening phase in one of the studied locations. The aclerdid presented significant difference by infestation in one site during the ripening phase of the plant. The pseudococcid infested a greater number of nodes in the following phases of development; vegetative, grand growth and ripening in both studied areas, but it was in one site during the ripening phase that presented the greatest difference. Although the pink sugarcane mealybug was more abundant than A. takahashii in both studies, there were no patterns of relationships between the numbers of individuals to geographical locations and temperature.
Resumo No estado de São Paulo, principal região produtora de cana-de-açúcar do mundo, duas espécies de cochonilhas têm ocorrido frequentemente, Aclerda takahashii (Kuwana, 1932) (Hemiptera: Aclerdidae) e Saccharicoccus sacchari (Cockerell, 1895) (Hemiptera: Pseudococcidae). Para mapear a distribuição e abundância destas espécies, 17 regiões produtoras de cana-de-açúcar, distribuídas em seis mesorregiões de São Paulo, foram avaliadas em agosto de 2017 e janeiro, fevereiro, junho e julho de 2018, durante a fase de maturação. O estudo da sazonalidade destas espécies, pela presença ou ausência das cochonilhas durante o ciclo fenológico da planta, foi conduzido entre agosto de 2017 e julho de 2018 em duas regiões produtoras de cana-de-açúcar no município de Jaboticabal, São Paulo, Brasil. Saccharicoccus sacchari foi encontrada em todas as localidades analisadas, e A. takahashii em 12. Ambas cochonilhas mostraram diferença significativa de infestação na região dos nós dos colmos durante a fase de maturação em uma das localidades estudadas. O aclerdídeo apresentou diferença significativa pela infestação em uma localidade durante a fase de maturação da planta. O pseudococcídeo infestou um grande número de nós nas seguintes fases de desenvolvimento; perfilhamento, crescimento vegetativo e maturação em ambas áreas estudadas, mas foi em uma localidade durante a fase de maturação que apresentou a maior diferença. Embora a cochonilha rosada da cana-de-açúcar foi mais abundante do que A. takahashii em ambos estudos, não houve padrões de relações entre o número de indivíduos com a localização geográfica e temperatura.
Biblioteca responsável: BR1.1