Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Occurrence and richness of arbuscular mycorrizal fungi in vineyards with grapevine decline and dieback symptoms / Ocorrência e riqueza de fungos micorrízicos arbusculares em vinhedos com sintomas de declínio e morte da videira

Bezerra, Aelton dos Santos; Betancur-Agudelo, Marcelo; Meyer, Edenilson; Kemmelmeier, Karl; Stürmer, Sidney Luiz; Soares, Cláudio Roberto Fonsêca Sousa; Lovato, Paulo Emilio.
Ciênc. rural (Online); 52(3): e20210011, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1339673

Resumo

ABSTRACT: This research identified arbuscular mycorrhizal fungi (AMF) in rhizosphere soil of grapevines with Grapevine Death and Decline symptoms (GDD) or asymptomatic healthy (H) plants, and characterized the relationship of AMF communities with soil chemical attributes. The AMF spore number ranged from 287 to 432 spores 50 cm-3 in soil with GDD plants, and from 357 to 464 spores 50 cm-3 in H plants, with no differences among vineyards or between GDD and H plants within each vineyard. We detected 42 species and 17 genera, and most taxa belonged to Acaulosporaceae or Glomeraceae. Claroideoglomus etunicatum, Funneliformis mosseae, and Archaeospora trappei were the most frequent species in all vineyards. Soil chemical attributes were not determinant for the occurrence of most fungal species; although, Entrophospora infrequens, Diversispora sp1 and Diversispora sp2 were associated with a vineyard having high soil copper. Vineyards harbor highly diverse AMF communities, which are determined by location.
RESUMO: Este trabalho teve como objetivo identificar fungos micorrízicos arbusculares (FMA) em solo rizosférico de videiras com sintomas de declínio e morte da videira (D) e em plantas saudáveis (S), e caracterizar a relação das comunidades de FMA com atributos químicos do solo. O número de esporos de FMA variou de 287 a 432 esporos 50 cm-3 em solo em plantas D, e de 357 a 464 esporos 50 cm-3 em plantas S, sem diferenças entre vinhedos ou entre plantas D e S dentro de cada vinhedo. Detectamos 42 espécies e 17 gêneros, sendo que a maioria dos táxons pertencia a Acaulosporaceae ou Glomeraceae. Claroideoglomus etunicatum, Funneliformis mosseae e Archaeospora trappei foram as espécies mais frequentes em todos os vinhedos. Os atributos químicos do solo não foram determinantes para a ocorrência da maioria das espécies de fungos, embora Entrophospora infrequens, Diversispora sp1 e Diversispora sp2 estivessem associados a um vinhedo com alto teor de cobre do solo. Os vinhedos abrigam comunidades FMA altamente diversificadas, que são determinadas pela localização.
Biblioteca responsável: BR1.1