Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Spray chilling on carcass weight loss, and physicochemical and microbiological quality of beef cuts during storage / Efeitos da aspersão de carcaças na perda de peso e na qualidade físico-química e microbiológica de cortes cárneos bovinos durante estocagem

Prado, Cristiano Sales; Lage, Moacir Evandro; Souza, Maria Izabel Amaral; Duarte, Francine Oliveira Souza; Gebara, Clarice; Nicolau, Edmar Soares; Nunes, Iolanda Aparecida; Oliveira, Antônio Nonato de; Minafra-Rezende, Cintia Silva.
Ciênc. rural (Online); 52(4): e20210395, 2022. tab
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1339691

Resumo

ABSTRACT: Different chilling treatments are used before meat storage. The effect of spray chilling (SC) on meat quality appears to vary. Here, we investigated the effects of SC on beef carcass weight loss and meat quality during subsequent storage. The 2-h SC program tested involved 180-s initial spraying, followed by 60-s spray cycles at 540-s intervals. Deboned chuck tender (IMPS 116B) beef cuts were vacuum-packaged and stored for up to 60 d. Purge and cooking losses, Warner-Bratzler shear force, meat colour [CIE L*, a*, b*], and microbiological quality were evaluated. SC reduced carcass weight loss (P<0.001) compared with conventional chilling. However, storage time affected the purge and cooking losses, and Warner-Bratzler shear force. CIE a* and b* values increased (P<0.05) after 30-d aging in both chilling treatments. Pronounced psychrotrophic growth was observed during storage after both treatments. In conclusion, SC can be used to reduce the economic losses associated with meat chilling, without affecting meat quality attributes.
RESUMO: Diferentes tratamentos de resfriamento são utilizados antes da estocagem das carnes. O efeito da aspersão de carcaças (SC) na qualidade da carne parece variar. Neste estudo, investigou-se os efeitos da aspersão de carcaças bovinas na perda de peso e na qualidade da carne durante subsequente estocagem. O programa de aspersão testado foi de um tempo total de 2 h, com uma aspersão inicial de 180 s, seguida por ciclos de aspersão de 60 s em intervalos de 540 s. Os cortes comerciais desossados "Peixinho" (IMPS 116B) foram embalados a vácuo e estocados por até 60 dias. Foram avaliadas as perdas por exsudação e cozimento, força de cisalhamento por Warner-Bratzler, cor da carne (CIE L*, a*, b*) e qualidade microbiológica. SC reduziu a perda de peso da carcaça (P < 0,001) em comparação com o resfriamento convencional. No entanto, o tempo de estocagem influenciou a perda por exsudação, por cozimento e força de cisalhamento. Os valores de CIE a* e b* aumentaram (P < 0,05) após 30 dias de maturação em ambos os tratamentos de resfriamento. O crescimento pronunciado de psicrotróficos foi observado durante a estocagem em ambos os tratamentos. Em conclusão, o SC pode ser usado para reduzir as perdas econômicas associadas ao resfriamento da carne, sem afetar os atributos de qualidade da carne.
Biblioteca responsável: BR1.1