Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Epidemiological characteristics of Leptospira spp. infection in bovine herds in Mato Grosso do Sul, Brazil / Caracterização soroepidemiológica da infecção por Leptospira spp. em rebanhos bovinos de corte do estado de Mato Grosso do Sul, Brasil

Santos, Renata Ferreira dos; Frias, Danila Fernanda Rodrigues; Silva, Glaucenyra Cecília Pinheiro da; Silva, Talita Ribeiro; Assis, Nivaldo Aparecido de; Bastos, Carla Resende; Souza, Vanessa Felipe de; Mathias, Luis Antonio.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online); 58: e180127, 2021. tab, mapas
Artigo em Inglês | | ID: biblio-1344687

Resumo

The epidemiological characteristics of bovine leptospirosis in animals and herds in Mato Grosso do Sul were investigated to determine parameters such as disease frequency and the serovars reactant in beef cattle herds. A total of 4,629 beef cattle herds were examined against 33 Leptospira spp. serovars. The serum samples were submitted to the microscopic agglutination test (MAT) for the serological diagnosis of leptospirosis. The MAT results showed that 3,814 (82.39%) of the 4,629 animals evaluated were seropositive for the bacterium, with serological reactions mainly to serogroup Sejroe, serovar Wolffi (36.49%). The observed high frequency of reactive animals demonstrates the relevance of the infection. Therefore, general and specific measures should be implemented to contain and/or prevent infection of the animals in the studied region.(AU)
Foi realizado um inquérito epidemiológico da leptospirose em bovinos de rebanhos de corte do estado de Mato Grosso do Sul, de modo a determinar a frequência e as sorovariedades reagentes. Para isso, foram examinados 4.629 bovinos de corte, com uma coleção de 33 sorovariedades de Leptospira, por meio da prova de Soroaglutinação Microscópica (MAT). Dos 4.629 animais examinados, 3.814 (82,39%) foram reagentes com reações predominates para o sorogrupo Sejroe, sorovar Wolffi (36,49%). Assim, a alta frequência de animais reagentes encontrada justifica a implantação de medidas gerais e específicas para conter e/ou prevenir a infecção nos animais dessa região.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1