Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Buffaloes (Bubalus bubalis) mycotic eye infection: reported herd cases in Thi-Qar province, Iraq / Infecção ocular micótica em búfalos (Bubalus bubalis): relato de casos em rebanho na província de Thi-Qar, Iraque

Khalaf, Jenan Mahmood; Karim, Abdulkarim Jafar; Al Salihi, Karima Akool.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online); 58: e180221, 2021. tab
Artigo em Inglês | | ID: biblio-1344689

Resumo

Buffaloes are one of the important farm animals in the south of Iraq and play an essential economical role mainly acting as dairy, meat, and draft animals. This study intended to diagnose buffalo mycotic eye infections in Thi-Qar province/Iraq. Some 250 buffaloes in the herd of 3,700 animals suffered from eye infections from December 2017 to November 2018. Eye swabs were collected from each infected eye of the affected buffaloes of both sexes before treatment. The animals were in different age groups. All samples were transferred to the laboratory in transfer media, and cultured on Sabouraud dextrose (SDA) agar with and without 0.05 g/mL and 0.4 g/mL chloramphenicol and cycloheximide, respectively. Later, the agars were incubated at 25oC and 37oC. The total percentage of eye infection was (6.75%), constituting (49.2%) mycotic infections. The predominant clinical manifestations that appeared on the infected buffaloes were eye inflammation represented by congestion, lacrimation, the opacity of cornea and edema, and reduced productivity of the infected animals. Different fungal isolates were identified from the samples including Aspergillus fumigates, Aspergillus flavus, Aspergillus niger, Penicillium spp., Alternaria spp., Fusarium spp., Candida spp., Cladosporium spp., Rhodotorula spp., Mucor spp. and Rhizopus spp. Calves buffaloes below one-year-old were more prone to mycotic infection than one-year-old or more. Additionally, male buffaloes were more susceptible to infection than females. In conclusion, this study isolated various types of fungus from the inflamed eyes of buffaloes. Fungal eye infection and the potential risk factors for fungal keratitis in buffaloes were also investigated. The study also approved the rapid diagnosis of fungi by direct microscopic detection and culture. The author recommends future studies including large numbers of the buffalo herd in Iraq to determine the epidemiology of this condition in the country.(AU)
Os búfalos são um dos animais de fazenda mais importantes no sul do Iraque e desempenham um papel econômico essencial, atuando principalmente na produção de leite, carne e como animal de tração. Este estudo objetivou diagnosticar infecções oculares micóticas em búfalos na província de Thi-Qar, Iraque. 250 búfalos no rebanho de um total de 3700 animais apresentaram infecção ocular durante o período compreendido entre dezembro de 2017 e novembro de 2018. Os esfregaços oculares foram colhidos dos olhos infectados dos búfalos afetados de ambos os sexos antes do tratamento. Os animais estavam em diferentes faixas etárias. Todas as amostras foram transferidas para o laboratório por meio de transferência e cultivadas em Ágar Sabouraud e Dextrose (SDA) com e sem 0,05 g/mL e 0,4 g/mL de cloranfenicol e cicloheximida, respectivamente. Posteriormente, os ágares foram incubados a 25ºC e 37ºC. A porcentagem total de infecção ocular foi de 6,75%, representando 49,2% de infecção micótica. As manifestações clínicas predominantes nos búfalos infectados foram inflamação ocular com congestão, lacrimejamento, opacidade da córnea e edema. Os animais acometidos também apresentaram redução de produtividade. Diferentes isolados de fungos foram identificados a partir das amostras, incluindo Aspergillus fumigatus, Aspergillus flavus, Aspergillus niger, Penicillium spp., Alternaria spp., Fusarium spp., Candida spp., Cladosporium spp., Rhodotorula spp., Mucour spp. e Rizopus spp. Búfalos com menos de um ano de idade foram mais propensos a infecções micóticas do que com um ano ou mais. Além disso, os búfalos machos foram mais suscetíveis a infecção do que as fêmeas. Em conclusão, este estudo registrou o isolamento de vários tipos de fungos em olhos inflamados de búfalos. Além disso, a infecção ocular por fungos e os fatores de risco potenciais para ceratite fúngica em búfalos também foram observados. O estudo também aprovou o diagnóstico rápido de fungos por detecção microscópica direta e cultura. O autor recomenda outro estudo futuro, incluindo um grande número de rebanhos de búfalos no Iraque para determinar a epidemiologia desta condição no país.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1