Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effects of dietary vitamin E on the wound healing induced in Oreochromis niloticus / Efeitos da suplementação com vitamina E na cicatrização de feridas induzidas em Oreochromis niloticus

Iwashita, Marina Keiko Pieroni; Engracia Filho, Jair Rodini; Claudiano, Gustavo da Silva; Aguinaga, Jefferson Yunis; Ozório, Rodrigo Otavio de Almeida; Moraes, Julieta Rodini Engrácia de.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online); 58: e182254, 2021. graf, ilus, tab
Artigo em Inglês | | ID: biblio-1344710

Resumo

In the present study, the effect of vitamin E supplementation 450 mg/kg diet was appraised in the process of induced wound healing in Nile tilapias Oreochromis niloticus. Fish were distributed into 18 tanks (10 fish each). Nine tanks were fed the non-supplemented diet and the other 9 tanks were fed 450 mg vitamin E for 60 days. Subsequently, the fish were anesthetized and the epidermis and dermis were surgically removed. The rate of cicatricial retraction and appearance of the wounds, and the histomorphometry of mucous cells, chromatophores, revascularization, inflammatory cells, presence of fibroblasts, collagen fibers, and scales were checked after 3-, 7-, 14-, 21-, and 28-days post-wounding. The retraction rate of the wound was significantly higher in the supplemented fish. The higher concentrations of inflammatory cells, mucous cells, and chromatophores, as well as the production and organization of collagen fibers, resulted in a higher retraction rate. We concluded that a dietary supplementation diet improves specific aspects of the cutaneous healing process in Nile tilapia fish.(AU)
No presente estudo, o efeito da suplementação com vitamina E de 450 mg / kg de dieta foi avaliado no processo de cicatrização induzida de feridas em tilápias do Nilo, Oreochromis niloticus. Os peixes foram distribuídos em 18 tanques (N=10), sendo 9 tanques com dieta não suplementada e os outros 9 tanques suplementados com 450 mg de vitamina E por 60 dias. Posteriormente, os peixes foram anestesiados e a epiderme e derme foram removidas cirurgicamente. Nos tempos pré-determinado de 3, 7, 14, 21 e 28 dias após a ferida foi analisado a taxa de retração cicatricial, a aparência das feridas e a histomorfometria das células mucosas, dos cromatóforos, das células inflamatórias, a revascularização, a presença de fibroblastos, de fibras de colágeno e escamas. A taxa de retração da ferida foi significativamente maior nos peixes suplementados. As maiores concentrações de células inflamatórias, mucosas e cromatóforos, bem como a produção e organização das fibras de colágeno, resultaram em uma maior taxa de retração. Concluímos que a dieta de suplementação melhora aspectos específicos do processo de cicatrização cutânea em peixes de tilápia do Nilo.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1