Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Objective lameness assessment in horses used for equine-assisted therapy in Rio Grande do Sul State, Brazil / Avaliação objetiva da claudicação em cavalos de equoterapia no Rio Grande do Sul, Brasil

Taschetto, Patricia Maurer; Azevedo, Marcos da Silva; Rodrigues, Ana Paula da Costa; Martini, Luíza Gonçalves; Siqueira, Daniélle Fernandes Cosentino; Bernardes, Andressa Schunemann; Parodes, Bruna Martins.
Ciênc. rural (Online); 52(5): e20200185, 2022. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1345787

Resumo

Equine-assisted therapy is a method used since ancient times to rehabilitate individuals. The biomechanics provided by horses and the friction between their back and the riders' saddle generate impulses that are transmitted to riders' central nervous system; thus, these horses must be healthy enough to enable the desired therapeutic effect. The aim of the current study is to investigate lameness prevalence and intensity in equine-assisted therapy horses in Rio Grande do Sul State. The adopted methodology consisted of the objective evaluation of lameness based on Lameness Locator® wireless inertial sensors, which were placed in the 21 horses assessed in six equestrian centers in Rio Grande do Sul State. Results have shown that 90.1% of the assessed horses presented lameness in the hind (54.2%) and forelimbs (45.8%), as well as that 72% of them with presented mild lameness degree. This outcome has evidenced the need, and significance, of assessing these horses' locomotor system. To support effective therapy and protect equine welfare, it is essential that veterinarians should regularly monitor these animals in order to treat and prevent disease. Even subtle lameness can influence the generated stimuli; thus, it is an important factor to be taken into consideration when selecting equine-assisted therapy.
A equoterapia é um método de terapia, utilizada para reabilitação do praticante desde a antiguidade. A biomecânica proporcionada pelo cavalo e o atrito entre o dorso do cavalo e a sela do praticante geram impulsos que são transmitidos ao sistema nervoso central do mesmo, por isso a importância desse cavalo estar em condições aptas para promover o efeito terapêutico desejado. Nosso objetivo foi identificar a prevalência e intensidade da claudicação em equinos de equoterapia no estado do Rio Grande do Sul. A metodologia utilizada foi a avaliação objetiva da claudicação com base na utilização de sensores inerciais sem fio Lameness Locator® em seis centros equestres do Rio Grande do Sul, totalizando 21 equinos avaliados. Foi constatado que 90,1% dos equinos avaliados apresentavam claudicação, 54,2% do membro pélvico e 45,8% do membro torácico, quanto a intensidade 72% foram leves. A partir desse resultado, verifica-se a necessidade e a importância da avaliação no sistema locomotor destes animais. Para uma terapia eficaz e proteger o bem-estar dos equinos, é essencial o acompanhamento periódico por um médico veterinário para tratamento e prevenção de afecções. Claudicações, mesmo sutis, podem interferir nos estímulos gerados, sendo um importante fator de escolha do cavalo apto para a equoterapia.
Biblioteca responsável: BR68.1