Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Physiological and sanitary quality of ryegrass seeds submitted to different defoliation frequencies / Qualidade fisiológica e sanitária de sementes de azevém-anual submetidas a diferentes frequências de desfolha

Cunha, Ricardo Pereira da; Bonow, Joice Fernanda Lübke; Mittelmann, Andréa; Maia, Manoel de Souza; Bohn, Alberto; Oliveira, Roberto Caetano de; Silva, Jéssica Dias Gomes da; Pedroso, Carlos Eduardo da Silva.
Ciênc. rural (Online); 52(6): e20200719, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1345807

Resumo

This study determined the effect of different defoliation frequencies in a long-cycle ryegrass cultivar on yield components and the physiological and sanitary quality of seeds. Four defoliation frequencies were applied (without, one, two, and three defoliations). The time between defoliations was 350 degree-days. At the first, second, and third defoliation time, the plants were 15 cm, 20 cm, and 35 cm, respectively, and were lowered to half their height. The yield components and plant structure were evaluated through the tillers, along with the physiological quality of the seeds, which was verified by germination tests, first germination count, accelerated aging, tetrazolium test, field emergence, and weight of a thousand seeds. For the sanitary quality analysis, the percentage (%) of fungi incidence in the seeds was verified. The second defoliation determined the seeds' high physiological and sanitary quality due to the higher amount of primary and secondary tillers produced concerning the other treatments. However, there was no significant difference for the third defoliation since the aerial tillers issued the same quality of seeds originated from primary and secondary tillers. The average incidence of fungi such as Colletotrichum sp., Fusarium sp., Phoma sp., and Dreshslera spp. was lower in ryegrass plants subjected to three defoliations.
O presente estudo teve como objetivo determinar o efeito de diferentes frequências de desfolha em uma cultivar de azevém de ciclo longo, sobre os componentes de rendimento e a qualidade fisiológica e sanitária das sementes. Foram aplicadas quatro frequências de desfolhas (sem, uma, duas e três). O tempo entre desfolhas foi de 350 graus-dia. No momento da primeira, segunda e terceira desfolha as plantas estavam com 15 cm, 20 cm e 35 cm, respectivamente e foram rebaixadas para metade de suas alturas. Avaliaram-se os componentes de rendimento e a estrutura das plantas por meio dos perfilhos, juntamente com a qualidade fisiológica das sementes, a qual foi verificada por testes de germinação, primeira contagem de germinação, envelhecimento acelerado, teste de tetrazólio, emergência a campo e peso de mil sementes. Para a análise da qualidade sanitária verificou-se a porcentagem (%) de incidência de fungos nas sementes. A segunda desfolha determinou alta qualidade fisiológica e sanitária das sementes devido a maior quantidade de perfilhos primários e secundários produzidos em relação aos demais tratamentos. No entanto não houve diferença significativa para a terceira desfolha, visto que nos perfilhos aéreos emitidos observou-se a mesma qualidade das sementes originadas de perfilhos primários e secundários. A incidência média de fungos como Colletotrichum sp., Fusarium sp., Phoma sp. e Dreshsleras pp. foi menor em plantas de azevém submetidas a três desfolhas.
Biblioteca responsável: BR68.1