Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Transient skin and fur color change after trichotomy of the sacrococcygeal region for epidural anesthesia in a domestic cat (Felis catus) / Mudança transitória da cor da pele e pelo após tricotomia da região sacrococcígea para anestesia epidural em gata doméstica (Felis catus)

Dourado, Amândio José Soares; Cordero, Ignacio Sández; Gomes, Anabela Filipa Rodrigues; Lobo, Luís Pedro Rodrigues de Lima; Dias, Maria Isabel Ribeiro.
Braz. J. Vet. Res. Anim. Sci. (Online); 58: e180388, 2021. ilus
Artigo em Inglês | | ID: biblio-1347994

Resumo

A clinical case in which skin and hair color change occurred after sacrococcygeal epidural anesthesia in a nine-month-old Siamese cross queen undergoing ovariohysterectomy (OHE) is described. Six weeks after surgery, during a re-check, it was noted that in the sacrococcygeal region the color of the skin and new hair growth was dark with a color comparable to the color present on the body extremities (muzzle, pinnae, legs, and tail). The skin and new hair growth of the shaved abdomen presented a standard color. The key enzyme of the melanogenic pathway in mammals is tyrosinase (TYR), and the Siamese temperature-sensitive phenotype is the result of genetic mutations that makes TYR function thermolabile. The activity of TYR in these cats is limited to the extremities where the temperature is lower while pigment production is impaired in the other body areas. The trichotomy of the sacrococcygeal region performed during wintertime in an outdoor cat was probably the trigger for increased activity of TYR in this area promoting pigment production. The absence of the same alterations in the abdominal area may be justified by less exposure of that region to the external environment, as well as to the feline habits of sedentarism, that avoid significant cooling in these regions. This report highlights the importance of taking this type of occurrence into account when performing an epidural in the Siamese cat breed. Also, to avoid skin color change in this breed, the authors recommend a midline abdominal instead of a flank approach to perform OHE.(AU)
Descreve-se um caso clínico no qual ocorreu mudança na cor da pele e do pelo após anestesia epidural sacrococcígea numa gata cruzada de raça Siamês de nove meses submetida à ovariohisterectomia (OVH). Seis semanas após a cirurgia, durante uma avaliação pós-operatória, notou-se que na região sacrococcígea, a cor da pele e o crescimento do pelo apresentavam uma cor escura, comparável à das extremidades do corpo (face, orelhas, membros e cauda). A pele e o crescimento do pelo do abdómen, que também havia sido tosquiado, apresentavam uma cor padrão. A enzima chave da via melanogênica em mamíferos é a tirosinase (TYR) e o fenótipo siamês sensível à temperatura é o resultado de mutações genéticas que tornam a função TYR termolábil. A atividade da TYR nestes gatos é limitada às extremidades onde a temperatura é mais baixa, enquanto a produção de pigmento é prejudicada em outras áreas do corpo. A tricotomia da região sacrococcígea realizada durante o inverno nesta gata com acesso livre ao ambiente externo, provavelmente determinou um aumento da atividade da TYR nesta área, promovendo a produção de pigmento. A ausência das mesmas alterações na região abdominal pode ser justificada pela menor exposição desta área do corpo ao ambiente externo, também devido aos hábitos felinos de sedentarismo, que evitam resfriamento significativo nestas regiões. Este relato destaca a importância de se levar em consideração a possibilidade deste tipo de ocorrência quando da realização de uma anestesia epidural nesta raça de gatos. Além disso, os autores recomendam uma abordagem abdominal na linha média ao invés de uma abordagem de flanco para realizar a OVH nesta raça, a fim de evitar a alteração da cor da pele.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1