Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Soil contamination by Ancylostoma spp. and Toxocara spp. eggs in elementary school playgrounds in the extreme south of Brazil / Contaminação do solo de praças de recreação de escolas de ensino fundamental por ovos de Ancylostoma spp. e Toxocara spp. no extremo sul do Brasil

Mello, Catia Cilene Santos de; Nizoli, Leandro Quintana; Ferraz, Alexsander; Chagas, Bruno Cabral; Azario, William James Domingues; Motta, Sara Patron da; Villela, Marcos Marreiro.
Rev. bras. parasitol. vet; 31(1): e019121, 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1357154

Resumo

Abstract Millions of people worldwide, and especially schoolchildren, may be infected by geohelminths due to their exposure to a contaminated environment. The aim of this study was to evaluate soil contamination by Ancylostoma spp. and Toxocara spp. eggs in recreation areas at elementary schools in Pelotas, state of Rio Grande do Sul, Brazil. Sand samples were collected from 22 schools and were processed using the centrifugal flotation method. Helminth eggs with zoonotic potential were found in 12 out of the 22 schools (54.5%). Contamination by Ancylostoma spp. and Toxocara spp. was observed in 36.4% (8/22) and 27.3% (6/22) of the soil samples collected at these schools, respectively. These findings of eggs show that the school communities are exposed to risks of zoonotic transmission.
Resumo Milhões de pessoas podem ser acometidas por geohelmintos, especialmente crianças em idade escolar, devido a sua maior exposição a ambientes contaminados. O objetivo deste estudo foi avaliar a contaminação do solo por ovos de Ancylostoma spp. e Toxocara spp. em áreas de recreação de escolas de ensino fundamental da cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Foram colhidas amostras de areia de 22 escolas e processadas pelo método de centrífugo-flutuação. Em 54,5% (12/22) das escolas houve registro da presença de ovos de helmintos com potencial zoonótico. A contaminação por Ancylostoma spp. e Toxocara spp. foi observada em 36,4% (8/22) e 27,3% (6/22) das amostras de solo das escolas, respectivamente. Existe a presença de ovos de Ancylostoma spp. e Toxocara spp., havendo risco de transmissão de zoonoses à comunidade escolar.
Biblioteca responsável: BR1.1