Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Calcareous seaweed flour in the diet of Japanese quails and its effects on egg conservation / Farinha de alga calcária na dieta de codornas japonesas e seus efeitos na conservação de ovos

Spanivello, Gabrielly Ribeiro; Valentim, Jean kaique; Garcia, Rodrigo Garófallo; Burbarelli, Maria Fernanda de Castro; Przybulinski, Bruna Barreto; Komiyama, Claudia Marie; Eberhart, Bruna de Souza; Castilho, Vivian Aparecida Rios de.
Rev. bras. saúde prod. anim; 23: e201122232021, 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1357182

Resumo

The aim of this study is to evaluate the influence of including levels of calcareous seaweed flour in replacement for calcite limestone on the diet under egg conservation at different storage periods. 140 Japanese quails were used in a completely randomized experiment consisting of a 4x4 factorial design. The factorial design was four inclusions of calcareous seaweed (0%, 10%, 20%, and 30%) and four storage periods (zero, seven, 14, and 21 days) with ten replications of three eggs each. The egg quality variables were evaluated. Data were subjected to analysis of variance using Tukey test and polynomial regression at a 5% significance level. There was no interaction effect between the factor's storage time and inclusion of calcareous seaweed (p>0.05). There was an increasing linear effect on shell weight and thickness in relation to inclusion levels of calcareous seaweed. There was an individual effect of egg storage time (p>0.05) on egg weight, yolk color, albumen and yolk height, yolk weight and percentage, albumen, yolk index, yolk diameter, specific gravity, and Haugh unit. The inclusion of up to 30% of calcareous seaweed in replacement for calcite limestone in the diet of Japanese quails improves the weight and thickness of eggshells but does not influence the conservation of the eggs up to 21 days of storage.
O objetivo deste estudo foi avaliar a influência da inclusão de níveis de farinha de alga calcária em substituição ao calcário calcítico na dieta sob a conservação de ovos em diferentes períodos de armazenamento. Foram utilizadas 140 codornas japonesas em um delineamento inteiramente casualizado composto por um fatorial 4x4. Sendo 4 inclusões de alga calcária (0%, 10%, 20% e 30%) e 4 períodos de armazenamento (0, 7, 14 e 21dias) com dez repetições de três ovos em cada. Foram avaliadas as variáveis de qualidade de ovos das aves. Os dados foram submetidos a análise de variância utilizando o teste de Tukey e regressão polinomial ao nível de 5% de significância. Não houve efeito da interação entre os fatores tempo de armazenamento e inclusão de alga calcárea (p>0,05). Houve efeito linear crescente no peso e espessura da casca em relação aos níveis de inclusão de alga calcárea. Houve efeito individual do tempo de armazenamento dos ovos (p>0,05) sobre parâmetros peso de ovo, coloração da gema, altura de albúmen e gema, peso e porcentagem da gema, albúmen, índice de gema, diâmetro de gema, gravidade especifica e unidade Haugh. A inclusão de até 30 % de alga calcária em substituição ao calcário calcítico na dieta codornas japonesas aprimora o peso e a espessura da casca do ovo, mas não influencia na conservação dos ovos até 21 dias de armazenamento.
Biblioteca responsável: BR68.1