Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Classification of dairy properties according to the geometric mean of the somatic cell count and its antimicrobial resistance profile / Classificação de propriedades leiteiras de acordo com a média geométrica da contagem de células somáticas e seu perfil de resistência aos antimicrobianos

Fanin, Mauricio; Santos, Isabela Carvalho dos; Gerotti, Geysiane Moreira; Matusaiki, Camila de Cuffa; Gonçalves, Daniela Dib; Brito, Benito Guimarães de; Brito, Kelly Cristina Tagliari de; Boeira, Jessika Fernanda; Otutumi, Luciana Kazue.
Semina ciênc. agrar; 43(1): 141-158, jan.-fev. 2022. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1368609

Resumo

Milk and its derivatives are highly consumed foods worldwide, with recognized nutritional importance. The search for the production of products with superior quality is constant. For the present work, 26 milk-producing properties were selected, with a total of 506 milk samples collected during the period from October 2019 to May 2020 being evaluated. The objective of this study was to evaluate the quality of milk produced in dairy properties in the region west Paraná, classified as good or bad based on the results of the Somatic Cell Count (SCC) and through sampling (n = 10) to evaluate the resistance profile of enterobacteria and Staphylococcus spp. isolated from milk samples, in addition to the presence of the mecA gene in strains of Staphylococcus spp. resistant to oxacillin. There were significant differences between the good and bad properties for the levels of lactose, SCC (cell/mL), and Standard Plate Count (SPC) (CFU/mL). The strains of Staphylococcus spp. showed differences in the percentage of resistance in relation to the good and bad properties for antibiotics: tetracycline, ciprofloxacin, oxacillin, amikacin, clindamycin, gentamycin, and erythromycin. The mecA gene was not detected in any of the coagulase-negative Staphylococcus isolates that showed resistance to oxacillin. For enterobacteria, the isolated species differed in relation to the classification of properties, with predominance for Escherichia coli (40%) for properties classified as bad and Hafnia alvei (40%) for those classified as good. The percentage of antibiotic resistance compared to enterobacteria isolates was higher in properties classified as good. Monitoring through microbial culture and antibiogram is extremely important, favoring the correct choice for the treatment of animals with a reduced selection of resistant strains.(AU)
O leite e seus derivados são alimentos altamente consumidos em todo mundo, com importância nutricional reconhecida. A busca pela produção de produtos com qualidade superior é constante. Para o presente trabalho foram selecionadas 26 propriedades produtoras de leite, sendo avaliado um total de 506 amostras de leite colhidas durante o período de outubro de 2019 a maio de 2020. O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade do leite produzido em propriedades leiteiras da região oeste do Paraná, classificadas como boas ou ruins com base nos resultados da Contagem de Células Somáticas (CCS) e por meio de amostragem (n=10) avaliar o perfil de resistência das enterobactérias e Staphylococcus spp. isolados das amostras de leite, além da presença do gene mecA em cepas de Staphylococcus spp. resistentes à oxacilina. Houve diferenças significativas entre as propriedades boas e ruins para os teores de lactose, CCS (cél./mL) e Contagem Padrão em Placas (CPP) (UFC/mL). As cepas de Staphylococcus spp. apresentaram diferenças no percentual de resistência em relação às propriedades boas e ruins para os antibióticos: tetraciclina, ciprofloxacina, oxacilina, amicacina, clindamicina, gentamicina e eritromicina. Não foi detectada a presença do gene mecA em nenhum dos isolados de Staphylococcus coagulase negativa que apresentaram perfil de resistência à oxacilina. Para as enterobactérias as espécies isoladas diferiram em relação à classificação das propriedades, com predomínio para Escherichia coli (40%) para as propriedades classificadas como ruins e Hafnia alvei (40%) para as classificadas como boas. O percentual de resistência aos antibióticos frente aos isolados de enterobactérias foi maior nas propriedades classificadas como boas. É extremamente importante o monitoramento por meio de cultura microbiana e antibiograma, favorecendo a correta escolha para o tratamento dos animais com redução da seleção de cepas resistentes.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1