Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Uso de estreptomicina na eliminação da leptospirúria em touros (bos taurus indicus) naturalmente infectados pelo sorovar hardjo / Use of streptomycin in the end of leptospiruria in serologically reactive bulls (bos taurus indicus)

Girio, T.M.S.; Magajevski, F.S.; Girio, R.J.S.; Miashyro, S.; Rodrigues, L.H.; Scarcelli, E.P.; Toma, S.B..
Arq. Inst. Biol; 72(2): 163-172, Apr.-June 2005. tab, graf
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1374291

Resumo

RESUMO O objetivo desse trabalho foi verificar a ação de marcas diferentes de estreptomicinas polivalentes para o tratamento da leptospirose bovina em dose única (25 mg de estreptomicina por kg de peso corpóreo). O trabalho foi realizado com 14 touros adultos sorologicamente reagentes para Leptospira interrogans sorovar Hardjo, com título mínimo de 800 e com cultivo positivo. Os animais foram separados em 2 grupos de acordo com a marca da estreptomicina utilizada no tratamento, grupo 1: estreptomicina A e grupo 2: estreptomicina B. Os bovinos controles não receberam nenhum tratamento. Foram obtidas amostras de sangue e urina dos animais tratados e controles nos dias -1, 0, 1, 2, 3, 5, 10, 15 e 25; considerando-se o dia do tratamento como dia 0. Na urina dos bovinos tratados e controle foi realizada a reação em cadeia da polimerase (PCR) e isolamento com inoculação em hamsters. Observou-se que a estreptomicina da marca A, em dose única de 25 mg/kg de peso corpóreo, conseguiu eliminar a leptospirúria no grupo de touros após 24h do tratamento. Já no grupo de touros tratados com a estreptomicina da marca B, foi constatado a leptospirúria entre 48h e 72h, após o tratamento. Em ambos os grupos tratados, a resposta sorológica apresentou uma variação da queda dos níveis dos títulos de anticorpos aglutinantes, sendo que embora a estreptomicina A tenha aparentemente apresentado um melhor desempenho quando comparada com as médias geométricas dos títulos do grupo tratado com a estreptomicina B as médias não diferiram entre si pelo Teste de Tukey (P > 0,05). Nos bovinos tratados a leptospirúria foi intermitente e a média geométrica dos títulos foi menor que a média geométrica dos títulos dos bovinos controles. A diferença do efeito da ação das diferentes marcas de estreptomicina está possivelmente na qualidade da matéria prima produzida pelos laboratórios.
ABSTRACT The objective of this work was evaluated different marks of streptomycin for the treatment of bovine leptospirosis, in an only one dose of 25 mg for kg of corporeal weight. Thirty serologically reactive bulls for Leptospira interrogans serovar Hardjo were utilized. The bulls had a minimum antibody titer of 800 and were positive in the isolation from urine samples. The animals had been separated in 2 groups according with the streptomycin mark used in the treatment, group 1: streptomycin A and group 2: streptomycin B. The bovine controls had received any application from streptomycin. Samples of blood and urine of treated and controls bulls were collected in days -1, 0, 1, 2, 3, 5, 10, 15 and 25; considering the day of the treatment as day 0. A research for the detection of leptospira genetic material was realized in the urine of all bulls by PCR. It was observed that the streptomycin A ended leptospiruria in 24h after of the treatment. In the group of bulls treated with the streptomycin B, the end of leptospiruria was evidenced in 48h and 72h, after the treatment. In both treated groups, the serological reply presented a variation in the fall of antibodies titers, and streptomycin A was better in comparative performance with geométric means of the antibodies titers of the group that received streptomycin B, although by the Tukey Test the difference was no significant (P > 0.05). In the bovine controls the leptospiruria was intermittent and the average of the antibody titers of the treated bovines was lower than the average of the bovine controls, during all the experiments. The difference in the effect of different brands of streptomycin is possibly due to the quality of the substances produced in the laboratories.
Biblioteca responsável: BR1.1