Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Physiological parameters of F1 Holstein × Zebu cows fed with banana peel / Parâmetros fisiológicos de vacas F1 Holandês × Zebu alimentadas com inclusão de casca de banana

Santos, Hugo Pereira; Santos, Breno Vitor Barbosa; Cunha, Bruna Fernanda Carvalho; Ferreira, Mariany; Alves, Isabel Cristina de Santana; Aiura, Auriclécia Lopes de Oliveira; Aiura, Felipe Shindy; Rocha Junior, Vicente Ribeiro; Rodriguez, Mary Ana Petersen.
Ciênc. rural (Online); 52(11): e20210463, 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1375135

Resumo

The objective was to evaluate the effects of different levels of banana peel inclusion on the physiological variables of lactating F1 Holstein × Zebu cows. Ten cows distributed in two 5 × 5 Latin squares were used. Five experimental diets were tested: sorghum silage (control group); and the addition of 15%, 30%, 45%, and 60% of banana peel to replace sorghum silage. The experiment lasted 80 days. The environmental and physiological variables of the animals were measured. The Black Globe-Humidity Index presented an alert situation in the morning shift and a dangerous situation in the afternoon shift. The respiratory rate was not influenced by the levels of banana peel inclusion (P > 0.05) in the morning shift. However, it was influenced (P < 0.05) in the afternoon shift. The levels of banana peel inclusion in the diet did not affect the rectal temperature. Under the study environmental conditions, the level of up to 60% of banana peel replacing sorghum silage did not alter the physiological variables of thermoregulation in F1 Holstein × Zebu cows.
Objetivou-se avaliar níveis de inclusão da casca de banana sobre as variáveis fisiológicas de vacas F1 Holandesas × Zebu em lactação. Foram utilizadas 10 vacas distribuídas em dois quadrados latinos 5×5. Sendo cinco dietas experimentais: silagem de sorgo (grupo controle); e a inserção de 15, 30, 45 e 60% da casca de banana em substituição a silagem de sorgo. O experimento teve duração de 80 dias. Mensuraram-se as variáveis ambientais e fisiológicas dos animais. O índice de temperatura de globo negro e umidade encontrada no turno matutino apresentou uma situação de alerta e no turno vespertino uma situação perigosa. A frequência respiratória foi influenciada pelos níveis de inclusão de casca de banana no turno vespertino. A temperatura retal não foi influenciada pelos níveis de inclusão de casca de banana na dieta. Sob as condições ambientais estudadas, o nível de até 60% de casca de banana, em substituição a silagem de sorgo, não alterou as variáveis fisiológicas de termorregulação em vacas F1 Holandesas × Zebu.
Biblioteca responsável: BR68.1