Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação imunohistoquímica e ultraestrutural de gametas e embriões caprinos infectados com o CAEV / Immunohistochemical and ultrastructural evaluation of gametes and embryos of goats infected with CAEV

Ricarte, A. R. F; Andrioli, A; Pinheiro, R. R; Báo, S. N; Silva, J. S; Braz, S. V; Name, K. P. O; Lima-Verde, I. B; Brito, I. F; Dias, R. P; Aguiar, T. D. Freitas; Dantas, T. V. M; Araújo, S. A. C; Cavalcanti, D. M. L. P; Paula, N. R. O; Teixeira, M. F. S.
Arq. Inst. Biol. (Online); 77(2): 217-223, abr.-jun. 2010. ilus, graf
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1390587

Resumo

O objetivo do presente estudo foi determinar a susceptibilidade dos folículos ovarianos, espermatozoides e embriões caprinos ao Vírus da Artrite Encefalite Caprina (CAEV). Para isto, foram analisados espermatozoides e folículos ovarianos pelas técnicas de imunohistoquímica e microscopia eletrônica de transmissão, antes e após protocolos de infecção in vitro com o CAEV. Foram submetidos à análise ultraestrutural, embriões caprinos produzidos in vivo, oriundos de cabras negativas e positivas para o CAEV. Nas amostras seminais, provenientes de animais tanto com infecção natural quanto dos artificialmente infectados, foi observada imunomarcação positiva dos espermatozoides, assim como alterações degenerativas na sua análise ultraestrutural. Já nas amostras de tecido ovariano, a imunomarcação foi mais discreta e identificada na região do estroma. No tocante à análise ultraestrutural, folículos e embriões se apresentaram íntegros. De acordo com esses resultados, pode-se concluir que os espermatozoides caprinos apresentaramse infectados, assinalando a susceptibilidade dessas células ao vírus, bem como a potencialidade do CAEV ser carreado ao cerne do oócito, originando embriões infectados.
The aim of this study was to determine the susceptibility of goat ovarian follicles, spermatozoa and embryos to caprine arthritis-encephalitis virus (CAEV). Spermatozoa and ovarian follicles were analyzed, before and after in vitro infection with CAEV, through immunohistochemistry and transmission electron microscopy techniques. Goat embryos, produced in vivo from infected and non-infected goats, were submitted to ultrastructural analysis. Immunohistochemical examination of seminal samples from goats naturally and artificially infected with CAEV revealed viral antigens in spermatozoa, while the ultrastructural analysis showed degenerative changes in these cells. Ovarian tissue samples presented a more discreet immunohistochemical positive reaction situated in the stroma region. Ultrastructural analysis revealed that the embryos and ovarian follicles were intact. These results indicate that the spermatozoa were infected, confirming the susceptibility of these cells to the virus, as well as the potential of CAEV entering the oocyte, giving rise to infected embryos.
Biblioteca responsável: BR68.1