Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Parasitos intestinais identificados em pelos de cães em Teresina/Piauí / Intestinal parasites identified in dog hair in Teresina/Piauí

Gomes, Naelson Railson de Sousa; Magalhães, Felipe Soares; Sousa, Simony Silva; Moreira, Selmar; Freire, Simone Mousinho; Sarmento, José Lindenberg Rocha; Evangelista, Luanna Soares de Melo.
Ciênc. Anim. (Impr.); 32(3): 57-68, jul.-set. 2022. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1402472

Resumo

A presença de cães em ambientes domiciliares se tornou bastante comum, porém é preciso manter cuidados com relação aos animais, uma vez que eles podem transmitir patógenos ao homem, causando, assim, doenças zoonóticas; e que uma das formas de transmissão pode ser por ingestão acidental de ovos de parasitos presentes nos pelos. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi avaliar a ocorrência de parasitos intestinais em pelos de cães atendidos em duas clínicas veterinárias do município de Teresina/PI. Os pelos colhidos foram levados ao Laboratório de Parasitologia da UFPI para avaliação e passaram por um processo de lavagem por meio de uma técnica modificada para essa finalidade. De 59 amostras de pelos de cães, 11 foram positivas para helmintos ou protozoários, sendo encontrados ovos da família Taeniidae e do gênero Ancylostoma, além de cistos de Giardia spp. e oocistos de Cryptosporidium spp., importantes parasitos de potencial zoonótico. Uma vez parasitados, os cães podem oferecer risco de contaminação para os humanos, tanto por meio das fezes como por meio dos pelos. Conclui-se que ovos de helmintos da família Taeniidae e do gênero Ancylostoma e os protozoários do gênero Giardia e Cryptosporidium podem ficar aderidos nos pelos da região perianal de cães, sendo que as ocorrências destes últimos parasitos são os primeiros relatos nos pelos dessa espécie animal.
The presence of dogs in domestic environments has become quite common, but it is necessary to maintain care of the animals, since they can transmit pathogens to humans causing zoonotic diseases and one of the forms of transmission can be by accidental ingestion of parasite eggs present in the hairs. The objective of this study was to evaluate the occurrence of intestinal parasites in the hair of dogs attended at two veterinary clinics in the city of Teresina, PI. The collected hairs were taken to the Parasitology Laboratory at UFPI for evaluation and underwent a washing process through a technique modified for this purpose. Of 59 dog hair samples, 11 were positive for helminths or protozoa, being found eggs of the family Taeniidae and the genus Ancylostoma, besides to cysts Giardia spp. and oocysts of Cryptosporidium spp., important zoonotic potential parasites. Once parasitized, the dogs can pose a risk of contamination to humans through their faeces or through their hair. It is concluded that the eggs helminths of the Taeniidae family and of the Ancylostoma genus and the protozoa of the Giardia and Cryptosporidium genus can be adhered to the hairs of the perianal region of dogs, and these last parasites are the first reports in the hair in this animals species.
Biblioteca responsável: BR68.1