Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Inclusion of residue meat flour in growing pigs diet (30-50 kg) / Inclusão de resíduo de farinha de carne em dietas para suínos em crescimento (30-50 kg)

Correia, Amanda Medeiros; Frank, Isabela Oliveira; Rodrigues, Nathalia de Matos; Castro, Rodrigo Correa do Carmo de; Rocha Junior, Carlos Magno da; Pena, Sérgio de Miranda; Silva, Francisco Carlos de Oliveira.
Bol. ind. anim. (Impr.); 79: e1511, 2022. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1410395

Resumo

A study was carried out to evaluate the inclusion of increasing levels of a residue from the rendering plant after obtaining meat and bone meal for growing pigs on performance, carcass characteristics, incidence of diarrhea and economic viability of the diets. Forty-eight pigs were allotted in a completely randomized design with four treatments (0, 2, 4 and 6% of residue inclusion), six replicates and two animals per experimental unit (barrows and females) with 30 ± 0.662 kg of initial weight in a 24-day trial period. Statistical assumptions of normality and homogeneity were verified using Shapiro-Wilk and Barllet tests, respectively, at 5% probability. The assumptions were met and the data were subjected to analysis of variance at 5% significance. The performance variables, carcass characteristics and diarrhea incidence did not show significant differences (P<0.05) between the levels of inclusion of residue in the diet. The residue can be used up to 6% in the feed without affecting performance, carcass characteristics and diarrhea incidence in growing pigs, however, the inclusion of 4% of the residue presents greater economic viability.
Foi conduzido um trabalho para avaliar a inclusão de níveis crescentes de um resíduo, proveniente da graxaria, após a obtenção de farinha de carne e ossos de abatedouro de bovinos, para suínos em fase de crescimento sobre o desempenho, características de carcaça, incidência de diarreia e viabilidade econômica das dietas. Foram utilizados 48 suínos, distribuídos em delineamento inteiramente ao acaso com 4 tratamentos (0, 2, 4 e 6% de inclusão do resíduo), seis repetições e dois animais por unidade experimental (machos castrados e fêmeas) com 30 ± 0,662 kg de peso inicial em período experimental de 24 dias. Foram verificadas as pressuposições estatísticas de normalidade por meio do teste de Shapiro-Wilk e homogeneidade pelo teste de Barllet a 5% de probabilidade. As pressuposições foram atendidas e os dados foram submetidos a análise de variância e teste F a 5% de significância. As variáveis de desempenho, características de carcaça e incidência de diarreia não apresentaram diferenças significativas (P<0,05) entre os níveis inclusão do resíduo na ração. O resíduo pode ser utilizado em até 6% na ração sem afetar o desempenho, as características de carcaça e causar diarreia em suínos em fase de crescimento, no entanto, a inclusão de 4% do resíduo apresenta maior viabilidade econômica.
Biblioteca responsável: BR68.1