Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Toxicity of insecticides used in rice crop on the egg parasitoid Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae) under field conditions / Toxicidade de inseticidas utilizados na cultura do arroz sobre o parasitoide de ovos Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae) em condições de campo

Rakes, Matheus; Pasini, Rafael Antonio; Morais, Maíra Chagas; Araújo, Mikael Bolke; Malaquias, José Bruno; Bernardi, Daniel; Grützmacher, Anderson Dionei.
Ciênc. rural (Online); 53(5): 1-8, 2023. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1412843

Resumo

We evaluated under field conditions the toxicity of insecticides previously identified as harmful in laboratory and semifield bioassays on the parasitoid Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae). The experiments were conducted during the 2019/20 and 2020/21 harvests in rice fields. Following the recommendations of the International Organization for Biological and Integrated Control (IOBC), four insecticides were applied in 64 m2 experimental plots. Subsequently, T. pretiosum was released inundatively. To verify parasitism rates, at 1, 2, 4 and 6 days after release (DAR) of the parasitoids, eggs from the host Ephestia kuehniella (Lepidoptera: Pyralidae) were offered. After determining the number of parasitized eggs, the data were grouped into a reduction coefficient (Ex) to provide a single result for the effects of the insecticides on parasitoid. For both the 2019/20 and 2020/21 evaluated crops, it was found that at 2 DAR, the highest parasitism rates occurred. In contrast, in 6 DAR, no parasitism rates were observed. Lambda-cyhalothrin, thiamethoxam, and zeta-cypermethrin were classified as moderately harmful; thiamethoxam + lambda-cyhalothrin was classified as harmful. Following IOBC guidelines, the toxicity of these products under field conditions is lower than that obtained in the laboratory or semi-field for the T. pretiosum. However, these insecticides should be avoided, or used at times that do not coincide with the release or presence of the parasitoid in the field.
Avaliamos em condições de campo a toxicidade de inseticidas previamente identificados como nocivos em bioensaios de laboratório e semicampo sobre o parasitóide Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae). Os experimentos foram conduzidos durante as safras 2019/20 e 2020/21 em lavouras de arroz. Seguindo as recomendações da International Organization for Biological and Integrated Control (IOBC), quatro inseticidas foram aplicados em parcelas experimentais de 64 m2. Posteriormente, realizou-se uma liberação inundativa de T. pretiosum. Para verificar as taxas de parasitismo, aos 1, 2, 4 e 6 dias após a liberação (DAR) dos parasitoides, ovos do hospedeiro Ephestia kuehniella (Lepidoptera: Pyralidae) foram ofertados. Após a determinação do número de ovos parasitados, os dados foram agrupados em um coeficiente de redução (Ex) para fornecer um resultado único para os efeitos dos inseticidas sobre o parasitoide. Tanto para as safras 2019/20 quanto 2020/21, verificou-se que em 2 DAR, ocorreram as maiores taxas de parasitismo. Em contraste, aos 6 DAR, não foram observadas taxas de parasitismo. Lambda-cialotrina, tiametoxam e zeta-cipermetrina foram classificados como moderadamente nocivos; tiametoxam + lambda-cialotrina foi classificado como prejudicial. Seguindo as diretrizes da IOBC, a toxicidade desses produtos em condições de campo é inferior à obtida em laboratório ou semi-campo para o T. pretiosum. Entretanto, esses inseticidas devem ser evitados, ou utilizados em momentos que não coincidam com a liberação ou presença do parasitoide a campo.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1