Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Epidemiology of mastitis and interactions of environmental factors on udder health in the compost barn system / Epidemiologia da mastite e interações de fatores ambientais na saúde do úbere no sistema de Compost Barn

Fonseca, M; Mendonça, L. C; Souza, G. N; Cesar, D. E; Carneiro, J. C; Brito, E. C; Mendonça, J. F; Brito, M. A. V. Paiva e; Guimarães, A. S.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 75(1): 14-26, 2023. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1416434

Resumo

This study aimed to describe the epidemiological indexes of mastitis, milk quality and udder hygiene in the Compost Barn system, as well as to search for associations between isolated pathogens from milk with compost characteristics. Three dairy herds participated in the study, and the samples were collected during different periods on each farm. Individual milk samples were collected in duplicate for SCC analysis and microbiological culture. Environmental pathogens caused most cases of clinical mastitis on farm 2, and contagious pathogens caused the most cases on farm 1. Bed moisture was not associated with the incidence of environmental pathogens. Most of the animals remained in good udder hygiene during the study. Poor udder hygiene contributed to the increased incidence of environmental pathogens in one of the farms. A higher number of animals with a hygiene score of ≥ 2 were observed during the warmer and rainfall periods. There was no association between hygiene scores and somatic cell counts. The results suggest that pathogens isolated from milk in animals confined in Compost Barn under tropical climate are like other confinement systems adopted elsewhere. The year period influenced the udder hygiene score, reinforcing the importance of bed management throughout the year.
O objetivo deste estudo foi descrever os índices epidemiológicos da mastite, da qualidade do leite e da higiene do úbere em animais confinados no sistema Compost Barn, bem como buscar associações entre patógenos isolados do leite e características do composto. Três rebanhos leiteiros participaram do estudo e as amostras foram coletadas em diferentes períodos em cada fazenda. Amostras individuais de leite foram coletadas em duplicata para análise de CCS e cultura microbiológica. Patógenos ambientais causaram a maioria dos casos de mastite clínica na fazenda 2, e na fazenda 1 a maioria dos casos foi em decorrência de patógenos contagiosos. Amostras de material da cama foram coletadas em duas fazendas para análise da densidade bacteriana e da umidade. A umidade da cama permaneceu dentro da faixa de controle durante o estudo e não foi associada à incidência de patógenos ambientais. A maioria dos animais permaneceu com boa higiene de úbere durante o estudo. A falta de higiene do úbere contribuiu para o aumento da incidência de patógenos ambientais em uma das fazendas. Durante o período mais quente e mais chuvoso, um número maior de animais com escore de sujidade ≥2 foi observado em todos os rebanhos. Não houve associação entre escore de sujidade e contagem de células somáticas em qualquer uma das três fazendas. Os resultados indicam que o perfil de patógenos isolados do leite em animais confinados em Compost Barn sob clima tropical é semelhante a outros sistemas de confinamento adotados em outros lugares. O período do ano influenciou o escore de higiene do úbere, o que reforça a importância do manejo da cama ao longo do ano.
Biblioteca responsável: BR68.1