Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Behavioral changes in dairy calves raised in outdoor holding pens with alternative roofing / Alterações comportamentais de bezerras criadas em bezerreiros tropicais com cobertura alternativa

Campos, Jéssica Caetano Dias; Passini, Roberta; Sousa, Lainny Jordana Martins Pereira e; Amaral, Alliny das Graças.
Ciênc. anim. bras. (Impr.); 24: e-73923E, 2023. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês, Português | VETINDEX | ID: biblio-1418008

Resumo

This study assessed the behavior of dairy calves raised in outdoor holding pens covered with different geosynthetics. Twenty crossbred (Girolando, Jersey and Holstein) dairy calves undergoing weaning were used, with an average initial live weight of 40.6 Kg. A completely randomized block design was used, with a 4 x 3 factorial scheme and 5 repetitions. The roofing materials were polyethylene mesh, drainage geocomposite, nonwoven geotextile and woven geotextile, representing the first factor, and assessment times (8 to 11 a.m., 11:15 a.m. to 2 p.m. and 2:15 to 6 p.m.) the second factor. Environmental variables were analyzed, and the following heat stress indices calculated: black globe-humidity index (BGHI) and equivalent temperature. The average BGHI and equivalent temperature were 79 and 26, respectively. Walking behavior differed between treatments (P<0.05) and was more frequent in the woven geotextile treatment. The most frequent behavior observed throughout the day was lying in the shade (53%), demonstrating the importance of providing artificial shading during this stage of life. When compared to polyethylene mesh, the drainage geocomposite and nonwoven geotextile were better suited to providing shade for dairy calves undergoing weaning in tropical regions.
O trabalho avaliou o comportamento de bezerras leiteiras, criadas em bezerreiros de modelo tropical, contendo diferentes geossintéticos como material de cobertura. Foram avaliadas 20 fêmeas Girolando, Jersey e Holandesa com peso inicial médio de 40,6 Kg durante a fase de aleitamento. O delineamento experimental foi de blocos casualizados completos, em arranjo fatorial 4 x 3 com 5 repetições. Os materiais de cobertura foram: malha de polietileno, geocomposto drenante, geotêxtil não-tecido e geotêxtil tecido foram o primeiro fator e os períodos do dia (08 às 11, 11:15 às 14 e 14:15 às 18 horas) foram o segundo fator. Foram avaliadas as variáveis ambientais e calculados os índices de conforto térmico: índice de temperatura do globo negro e umidade e índice de temperatura equivalente. As médias do índice de temperatura do globo negro e índice de temperatura equivalente foram 79 e 26, respectivamente. O comportamento andando diferiu entre tratamentos (P<0,05), sendo mais frequente no tratamento geotêxtil tecido. A frequência comportamental mais observada ao longo do dia foi deitada à sombra (53%) deixando evidente a importância da disponibilização de sombreamento artificial para essa fase de vida. Os materiais de cobertura geossintéticos Geodrenante e Geotêxtil não-tecido, comparados à malha de polietileno, foram os mais apropriados para a utilização como sombreamento em regiões de clima tropical para bezerras em fase de aleitamento.
Biblioteca responsável: BR68.1