Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Fishers' knowledge on abundance and trophic interactions of the freshwater fish Plagioscion squamosissimus (Perciformes: Sciaenidae) in two Amazonian rivers

Dutra, Márcia Caroline Friedl; Pereyra, Paula Evelyn Rubira; Hallwass, Gustavo; Poesch, Mark; Silvano, Renato Azevedo Matias.
Neotrop. ichthyol; 21(1): e220041, 2023. mapas, graf, ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1418156

Resumo

Small-scale fisheries provide income and food security to local peoples around the world. In the Brazilian Amazon, the pescada (Plagioscion squamosissimus) is among the fishes that contributes most to catches in small-scale fisheries. Our main goal was to evaluate the abundance, size, relevance to small-scale fisheries and trophic ecology of P. squamosissimus in the Tapajós and Tocantins rivers, in the Brazilian Amazon. We combined data from fishers' local ecological knowledge (LEK) and fish sampling. We expected that fishers in the Tapajós River, less altered by anthropic changes, would cite a higher abundance, larger size and more prey and predators of P. squamosissimus. We interviewed 61 and 33 fishers and sampled fish in nine and five sites in the Tapajós and Tocantins rivers, respectively. The comparison between fishers' citations and fish sampled indicated a higher relevance of P. squamosissimus to fishers in the Tapajós River, where this fish had an average larger size and where the fishers mentioned more food items. This pattern could be partially related to the history of anthropogenic changes in the Tocantins River. These results indicated that P. squamosissimus is a generalist fish, which could be resilient to fishing and environmental pressures.(AU)
A pesca de pequena escala fornece renda e segurança alimentar para as populações locais em todo o mundo. Na Amazônia brasileira, a pescada (Plagioscion squamosissimus) está entre os peixes que mais contribuem para as capturas em pescarias de pequena escala. Nosso objetivo principal foi avaliar a abundância, tamanho, relevância para a pesca artesanal e ecologia trófica de P. squamosissimus nos rios Tapajós e Tocantins, na Amazônia brasileira. Combinamos dados do conhecimento ecológico local dos pescadores (CEL) e amostragem de peixes. Esperávamos que os pescadores do rio Tapajós, menos alterado por mudanças antrópicas, citassem maior abundância, maior tamanho e mais presas e predadores de P. squamosissimus. Entrevistamos 61 e 33 pescadores e amostramos peixes em nove e cinco locais nos rios Tapajós e Tocantins, respectivamente. A comparação entre as citações dos pescadores e os peixes amostrados indicou uma maior relevância de P. squamosissimus para os pescadores do rio Tapajós, onde este peixe teve um tamanho médio maior e onde os pescadores mencionaram mais itens alimentares. Esse padrão pode estar parcialmente relacionado ao histórico de mudanças antrópicas no rio Tocantins. Esses resultados indicaram que P. squamosissimus é um peixe generalista, que pode ser resiliente à pesca e às pressões ambientais.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1