Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Production and quality of sorghum silage intercropped with marandu grass and pigeonpea / Produção e qualidade de silagem de sorgo consorciado com capim marandu e feijão guandu

Vicente, Elcio Ricardo José de Sousa; Feba, Luanda Torquato; Silva, Paulo Claudeir Gomes da; Franzluebbers, Alan J; Moro, Edemar.
Colloq. Agrar; 19(1): 43-63, jan.-dez. 2023. ilus, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1432785

Resumo

Lack of forage in the winter dry season is a concern for cattle production in tropical Brazil. Pasture renovation with silage production might solve an immediate concern for forage production and help develop an improved pasture condition after cropping. The present study was focused to compare the production and quality of monocropped sorghum and sorghum intercropped with Marandu grass and/or pigeonpea in two row spacings. The experiment was carried out on a sandy Oxisol in São Paulo state in Brazil with an experimental design of a 2 x 4 factorial arrangement with four replications. Treatments were: monocropped sorghum,sorghum intercropped with Urochloa brizantha, sorghum intercropped with Cajanus cajan(cv. BRS Mandarim), and sorghum intercropped with Urochloa+ pigeonpea with 0.45 and 0.90 m row spacings. Greatest forage production was with 0.45-m spacing for monocropped sorghum and dual-species intercropping. With 0.90-m spacing, greatest production was for Sorghum+Urochloa. Sorghum+Urochloa+Cajanusintercropping provided the highest concentrations of crude protein in silage, regardless of row spacing. An increase in ensiling time reduced quality of the silage due to a decline in crude protein and TDN and an increase in fibers. However, the reduced spacing between lines with the inclusion of legumes resulted in a greater amount of silage with a higher concentration of protein.(AU)
A falta de forragem na estação seca é uma preocupação para os produtores de carne bovina no Brasil. A renovação de pastagens com produção de silagem pode se constituir emuma alternativa para a produção de alimento para o período seco do ano e, ao mesmo tempo, porporcionar a formação de pastagem de melhorar qualidade. O presente estudo teve como objetivo comparar a produção e a qualidade da silage de sorgo em monocultivo e consorciado com capim-marandu e/ou feijão-guandu em dois espaçamentos entre linhas. O experimento foi conduzido em Latossolo arenoso no estado de São Paulo com delineamento experimental em arranjo fatorial 2 x 4, com quatro repetições. Os tratamentos foram: sorgo em monocultivo, sorgo consorciado com Urochloa brizantha, sorgo consorciado com Cajanus cajan(cv. BRS Mandarim) e sorgo consorciadocom U. brizantha +C. cajancom espaçamento de 0,45 e 0,90 m. A maior produção de forragem foi obtida com espaçamento de 0,45 m para sorgo monocultivo eno consórico de duas espécies. Com espaçamento de 0,90 m, a maior produção foi para sorgo+U. brizantha. O consórcio sorgoU. brizantha+C. cajanproporcionou as maiores concentrações de proteína bruta na silagem, independentemente do espaçamento entre linhas. O aumento do tempo de ensilagem reduziu a qualidade da silagem devido à queda de proteína bruta e NDT e aumento de fibras. Oespaçamento reduzido entre linhas,com a inclusão de leguminosas resultou em maior quantidade de silage,e maior concentração de proteína.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1