Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Occurence of protozoan from the genus Cryptosporidium spp. in cattle raised in properties of the rural zone in the county of Bom Jesus, Piauí / Ocorrência de protozoários do gênero Cryptosporidium spp. em bovinos criados em propriedades da zona rural do município de Bom Jesus, Piauí

Santos, Ronaldo do Ó; Oliveira, Marcelo Richelly Alves de; Luz, Carlos Syllas Monteiro; Abreu, Bueno da Silva; Sousa Júnior, Severino Cavalcante de; Santos, Karina Rodrigues dos.
Acta Vet. Brasilica; 10(4): 346-351, 2016. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1453058

Resumo

The objective of this research was to verify the occurrence of coccidia from the Cryptosporidium genus in fecal samples of cattle raised in the rural zone in the county of Bom jesus, state of Piaui. To accomplish this, fecal samples were taken of 50 bovine from mixed gender, age and breed belonging to three properties. For analysis of Cryptosporidium spp. staining techniques from Ritchie and Ziehl-Neelsen were used. Oocysts from the genus Cryptosporidium were identified in the stools of 60% of evaluated animals. From a total of 30 animals, five showed stool with diarrheal consistency, while 25 were asymptomatic. Thus, it was observed a high incidence of infections by protozoa of the genus Cryptosporidium spp. in cattle herds in this study.
O objetivo com esta pesquisa foi verificar a ocorrência de coccídios do gênero Cryptosporidium em amostras fecais de bovinos criados na zona rural da cidade de Bom Jesus, estado do Piauí. Para isso, amostras fecais foram colhidas de 50 bovinos de sexo, idade e raças variadas de três propriedades. Para análise dos oocistos de Cryptosporidium spp. foram utilizadas as técnicas de Ritchie e coloração de Ziehl-Neelsen. Foram identificados oocistos do gênero Cryptosporidium nas fezes de 60% dos animais avaliados. De 30 animais, cinco apresentavam fezes com consistência diarreica, enquanto 25 eram assintomáticos. Assim, foi observada elevada ocorrência de infecções por protozoários do gênero Cryptosporidium spp. nos rebanhos bovinos avaliados neste estudo.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1