Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Detection of enterobacteria in broiler carcasses for sale in the market / Pesquisa de enterobactérias em carcaças de frangos à venda no comércio

Santos, Eldo José Rodrigues dos; Melo, Eveny Silva de; Rodrigues, Karina dos Santos; Sousa, Marília da Silva; Lima, Marluce Pereira Damasceno; Muratori, Maria Christina Sanches.
Acta Vet. Brasilica; 14(2): 115-120, jun. 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1453215

Resumo

This study aimed to analyze the microbiological quality of broiler marketed in Teresina, PI. The study was performed in the from September to November 2018, to which three groups of broiler carcasses produced in the city of Teresina were analyzed: without refrigeration, labeling and inspection (n=8); originated from local production, refrigerated, labeled, and inspected (n=8); and originated from other states, frozen, packed, labeled, and inspected (n=8). The collected samples were analyzed regarding the determination of the Most Probable Number (NMP) of total and thermotolerant coliforms, Escherichia coli, and detection of Salmonella spp., besides the measurement of the temperature of the carcasses. The logarithmic means of thermotolerant and total coliforms in the broiler carcasses varied from 0.70 to 4.66 NMP/g and from 0.73 to 4.66 NMP/g, respectively. The bacteria E. coli and Salmonella spp. were also detected in samples with refrigeration and inspection (25 % and 12.5 %, respectively). As for the marketing temperature, only the broiler carcass samples which were chilled and frozen were within the standard of the Brazilian legislation. The results observed in this study indicate the need for improvement in the processing, handling, and storage of the broiler meat marketed in Teresina, PI.
Objetivou-se analisar a qualidade microbiológica de carcaças de frangos comercializadas em Teresina, PI. O estudo foi realizado no período de setembro a novembro de 2018, para o qual foram analisadas carcaças de frango produzidas no município de Teresina, sem refrigeração, rotulagem e inspeção (n=8); de produção local refrigeradas, embaladas com rotulagem e inspecionadas (n=8); e oriundas de outros estados congeladas, embaladas com rotulagem e inspecionadas (n=8). As amostras coletadas foram analisadas quanto à determinação do Número Mais Provável (NMP) de coliformes totais e termotolerantes, Escherichia colie pesquisa de Salmonellaspp., além de aferição da temperatura das carcaças. As médias logarítmicas de coliformes termotolerantes e totais nas carcaçasde frango analisadas variaram de 0,70 a 4,66 NMP/g e de 0,73 a 4,66 NMP/g, respectivamente. Também foram encontradas bactérias E. colie Salmonellaspp. em amostras com refrigeração e com inspeção (25 % e 12,5 %, respectivamente). Quanto à temperatura de comercialização apenas as amostras de carcaça de frango resfriadas e as congeladas mostraram-se dentro do padrão da legislação brasileira. Os resultados observados nesse estudo indicam a necessidade de melhoria no processamento, manipulação e armazenamentoda carne de frango comercializado em Teresina, PI.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1