Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Performance and carcass characteristics of bulls or steers supplemented or not supplemented during the winter - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i2.648 / Desempenho e características de carcaça de bovinos de corte inteiros ou castrados e suplementados ou não durante o inverno - DOI: 10.4025/actascianimsci.v28i2.648

Malaguido Climaco, Saulo; Luis de Azambuja Ribeiro, Edson; Yurita Mizubuti, Ivone; Antônio da Rocha, Marco; das Dores Ferreira da Silva, Leandro; Sales Pereira, Elzânia.
Acta sci., Anim. sci; 28(2): 209-214, 2006.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1458993

Resumo

Forty Nellore bovines were used. Animals were divided in two groups: 1) SUP Animals on pasture and supplemented (0.5% of live body weight) with a concentrated during the winter (dry season), and 2) NSU Animals on pasture, without supplementation. Half of the animals of each treatment was steers and the other half was bulls. Best average daily gain (ADG) during the period of the winter was observed in the supplemented animals (SUP = 0.339; NSU = 0.193 kg), and the animals belonging to the control group (NSU) presented compensatory weight gain in the period of the summer. Bulls had greater ADG during the whole period than steers (0.506 vs. 0.412 kg), and they reached the slaughter weight (480 kg) at a younger age (330 vs. 409 days up to slanghter). Best cold carcass dressing percentage was verified for steers and the supplementation did not promote better carcass characteristics in the tested animals.
Foram utilizados 40 bovinos nelores, divididos em dois grupos: SUP - os animais foram mantidos a pasto e receberam 0,5% do peso vivo em suplemento no período da seca; NSU - animais mantidos a pasto, sem suplemento. Metade dos animais de cada tratamento eram castrados e a outra metade eram inteiros. Observou-se melhor ganho médio diário durante o período do inverno para os animais suplementados (SUP = 0,339; NSU = 0,193 kg) e os animais pertencentes ao grupo controle (NSU) apresentaram ganho compensatório no período do verão. Os animais inteiros obtiveram ganhos médios diários superiores aos castrados durante todo o período (0,506 x 0,412 kg) e atingiram o peso de abate (480 kg) a uma idade mais jovem (330 x 409 dias até o abate). Verificou-se melhor rendimento de carcaça fria para os animais castrados. A suplementação não promoveu melhores características de carcaça aos animais testados.
Biblioteca responsável: BR68.1