Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Performance of Japanese quails fed diets with low-protein and isoleucine / Niveis de isoleucina em dietas para codornas japonesas

Santos, Graciene Conceição; Garcia, Edivaldo Antonio; Vieira Filho, Javer Alves; Molino, Andrea Britto; Pelicia, Kleber; Berto, Daniella Aparecida.
Acta sci., Anim. sci; 38(2): 218-225, abr.-jun. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1459659

Resumo

Aiming to assess isoleucine levels in low protein diets for laying Japanese quails, 648 quails of 182 days of age were distributed in experimental block design with six treatments and six replicates of 18 birds each. Treatments consisted of a basal level corresponding to 0.672% isoleucine and supplemented with isoleucine to the levels of 0.816, 0.960; 1.104; 1.248%. The experimental diets were compared to a control diet containing 20% CP. The parameters studied were: performance, egg quality, total solids and nitrogen in the excreta. There was a linear increase only for isoleucine intake with increasing levels of isoleucine in the diets. The comparison of mean values of each combination of isoleucine levels for diets with 16% CP with the control with 20% CP showed that the intake of CP and isoleucine, egg weight, nitrogen excretion and yolk color were significantly affected. For Japanese quail fed diets with 16% CP, with isoleucine level at 0.672%, meets the requirements for obtaining satisfactory performance and egg quality and promoted a reduction in nitrogen excretion.
Com o objetivo de avaliar níveis de isoleucina em rações para codornas japonesas em postura, foram utilizadas 648 codornas, distribuídas em delineamento em blocos ao acaso com seis tratamentos e seis repetições de 18 aves cada. Os tratamentos consistiram de ração basal com 16% de PB correspondente em nível de isoleucina de 0,672% e suplementada com isoleucina, em substituição ao ácido glutâmico, correspondendo aos níveis de isoleucina de 0,816; 0,960; 1,104; 1,248%. As dietas experimentais foram comparadas a uma dieta controle contendo 20% PB. Foram estudados o desempenho, a qualidade do ovo, os sólidos totais dos ovos e nitrogênio nas excretas das aves. Observou-se aumento linear apenas para consumo de isoleucina com elevação dos níveis de isoleucina das dietas. Pela comparação das médias de cada combinação de níveis de isoleucina para dietas com 16% PB com o tratamento controle 20% PB, verificou-se que o consumo de PB, consumo de isoleucina, peso do ovo, excreção de nitrogênio e cor da gema foram significativamente influenciados. Para codornas japonesas submetidas a dietas com 16% de PB, o nível de isoleucina de 0,672%, atende as exigências para obtenção de resultados satisfatórios de desempenho e qualidade de ovos e proporcionou uma redução na excreção de nitrogênio.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1