Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Ocorrência de anticorpos anti-neospora caninum, brucella sp. e leptospira spp. em búfalos (bubalus bubalis) criados na amazônia

Viana, R.B.; Del Fava, C.; Moura, A.C.B.; Cardoso, E.C.; Araújo, C.V. de; Monteiro, B.M.; Pituco, E.M.; Vasconcellos, S.A..
Arq. Inst. Biol; 76(3)2009.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1462057

Resumo

ABSTRACT This study was aimed at establishing the occurrence of antibodies against neosporosis, brucellosis and leptospirosis in some herds in the Amazônia region. A total of 212 blood samples from buffaloes from the Island of Marajó (n = 135) and in Pará State (n = 77) were collected. A total of 212 serum samples were submitted to the ELISA test for antibodies to Neospora caninum using the kit (HerdeChek IDEXX Laboratories, USA); 160 serum samples were examined forBrucella sp. using the complement fixation test (CF); 205 samples were examined for Leptospira spp., using the microscopic agglutination test (MAT) with a battery of 27 antigens. The frequency of buffaloes with antibodies against Neospora caninum, Brucella sp. and Leptospira spp. was 88.21%, 3.75% and 80.00% respectively. Statistical analyses were performed by the chi-square test (p 0.05). It was concluded that there was no variation in the prevalence of antibodies against Neospora caninun, Brucella sp and Leptospiraspp related to the age of the animals, and that the high presence of antibodies against Neospora caninun and Leptospira spp. clearly demonstrates the need for a more effective control of these two diseases. The low brucellosis prevalence might indicate efficient control measures for this disease.
RESUMO Este trabalho teve como objetivo estabelecer a ocorrência de anticorpos contra neosporose, brucelose e leptospirose em alguns rebanhos bubalinos da Amazônia. Foram colhidas 212 amostras de sangue de búfalas, na Ilha do Marajó (n = 135) e na região nordeste do Estado do Pará (n = 77). Examinaram-se 212 amostras submetidas à prova de ELISA para pesquisa de anticorpos anti-Neospora caninum utilizando o kit (HerdeChek IDEXX Laboratories, USA); 160 amostras de soro utilizando a prova de fixação de complemento (FC) para pesquisa de anticorpos anti-Brucella sp.; e 205 amostras através do método de soroaglutinação microscópica (SAM) para pesquisar anticorpos contraLeptospira spp., utilizando uma bateria de 27 antígenos. A frequência de búfalas com anticorpos contra N. caninum, Brucella sp. e Leptospira spp. observada foi, respectivamente, 88,21%, 3,75% e 80,00%. As análises estatísticas foram realizadas pela prova de qui-quadrado (x2, p 0,05). Concluiu-se que não houve uma variação da prevalência de anticorpos contra essas doenças em função da idade do animal e que a elevada presença de anticorpos contraN. caninun e Leptospira spp. demonstrou claramente a necessidade de um controle sanitário mais efetivo para essas enfermidades. Constatou-se ainda que a reduzida prevalência de anticorpos anti-Brucella sp. indicou que o controle aplicado nas fazendas para essa doença tem sido eficaz.
Biblioteca responsável: BR68.1