Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Preferência alimentar da formiga urbana camponotus vittatus forel (hymenoptera: formicidae)

Solis, D.R.; Bueno, O.C.; Moretti, T.C..
Arq. Inst. Biol; 76(4)2009.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1462108

Resumo

ABSTRACT For an adequate management program of urban ants, knowledge on their biology is required, with the aim of detecting and exploring their vulnerabilities. This type of information has been used in the manufacture of baits, which must show, among other characteristics, attractiveness to several species to be considered efficient and economically viable. Therefore, the present study was aimed to evaluate in the laboratory the attractiveness of sweet and fatty substances to Camponotus vittatus, trying to find which substances would be more efficient to be introduced as the attractive component in baits. Five colonies, 68 sweet substances and 23 fatty substances were utilized in the laboratory trials. The most attractive sweet and fatty substances, were, respectively, 75% demerara sugar and vegetable fat. When substances of both natures were tested together, sweet substances presented slightly higher attractive indexes than oily substances.
RESUMO O manejo adequado das formigas urbanas exige conhecimentos sobre a biologia, com a finalidade de detectar e explorar vulnerabilidades. Essas informações vêm sendo utilizadas no desenvolvimento de iscas que, para serem eficazes e economicamente viáveis, entre outras características, devem ser atrativas para várias espécies de formigas. No presente estudo avaliouse em laboratório a atratividade alimentar de substâncias açucaradas e gordurosas para a espécie Camponotus vittatus, averiguando quais seriam os componentes mais adequados a serem introduzidos na composição da isca. Os testes foram realizados em cinco colônias, sendo avaliadas 68 substâncias açucaradas e 23 gordurosas. As mais atrativas foram o açúcar demerara 75% e a gordura vegetal. Quando ambas as substâncias foram testadas em conjunto, as açucaradas tiveram uma atratividade ligeiramente superior às gordurosas.
Biblioteca responsável: BR68.1