Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Análise de polimorfismo do gene da somatotropina em vacas Nelore e seu efeito sobre o peso à desmama de suas progênies

Faria, F.J.C.; Guimarães, S.E.F.; Lima, R.M.G.; Mourão, G.B.; Pinheiro, L.E.L..
Arq. bras. med. vet. zootec; 51(6)dez. 1999.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1462541

Resumo

Data from a Nelore herd were used after adjustment of the weaning weight for 205 days of age, sex, age of dam, sire and weaning month and resulted into two groups of cows according to the in weaning weight of their calves (heavy and light groups). The least square means (LSM) for weaning weights were 163.21± 2,18kg and 134,44± 2.18kg, for heavy (H) and light (L) groups, with 41 animals each one. These animals were genotyped for DNA polymorphisms of the bovine somatotropin gene, using PCR-RFLP (polymerase chain reaction-restriction fragment length polymorphism). Amplification of a region between exons III and V of somatotropin gene allowed analysis of two restriction sites. All animals showed monomorphism for the V exon site, showing the (Leu-Leu) genotype. At intron 3 site, there were identified the 21+/- and 60 -/- genotypes, with 0.13 and 0.87 frequencies to (+) and (-) alleles, respectively. The calves from +/- counts was of 152.42± 4.41kg and of calves from -/- cows was 147.60± 2.61kg. Heavy and light groups were similar for the allelic frequencies. The dam’s genotype did not affect the weaning weight of the calves. This suggests the existence of another genetic or non-genetic factors with major magnitude.
Informações sobre peso à desmama de um rebanho Nelore foram utilizadas após ajuste para idade padrão de 205 dias, sexo da cria, idade da mãe, touro e mês de desmama, para separar as reprodutrizes em dois grupos, cujos filhos diferiam nesse peso. As médias ajustadas pelo método dos quadrados mínimos foram para os grupos pesado (P) e leve (L) de 163,21± 2,18kg e 134,44± 2,18kg, respectivamente, com 41 animais em cada grupo. Essas reprodutrizes foram submetidas à coleta de sangue para estudo de polimorfismos do gene da somatotropina bovina, pela técnica de PCR-RFLP (polymerase chain reaction-restriction fragment length polymorphism). A amplificação de uma região entre o éxon III e V do gene da somatotropina permitiu analisar dois sítios de restrição. Para o sítio do éxon V, todos os animais foram identificados como monomórficos (Leu-Leu). Quanto ao sítio do íntron 3, foi possível identificar os seguintes genótipos 21 (+/-) e 60 (-/-), com as freqüências de 0,13 e 0,87 para os alelos (+) e (-), respectivamente. O peso dos filhos dos animais com o genótipo +/- foi de 152,42± 4,41kg e os -/- 147,60± 2,61kg. Os grupos P e L não diferiram entre si quanto às freqüências alélicas apresentadas. O genótipo das reprodutrizes não afetou o peso à desmama de suas crias, existindo portanto outros efeitos genéticos e não genéticos de maior magnitude.
Biblioteca responsável: BR68.1