Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Hiperplasia epitelial nodular no cólon de felinos associada à estrongiloidose na região amazônica, pará, brasil / colonic epithelial nodular hyperplasia associated with strongyloidosis in cats in the amazon region, pará, brazil

NASCIMENTO, K. K. G.; MOURA, M. A. O.; JORGE, E. M.; ARAÚJO, I. M.; TAVARES, C. C. S.; RIVERO, G. RIET.
Ars vet; 29(4)2013.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1463090

Resumo

Strongyloides spp. é um parasito intestinal que afeta diversas espécies animais. Quatro espécies desse gênero têm sido descritas em felinos domésticos: S. felis, S. planiceps, S. stercoralis e S. tumefaciens . Nas três primeiras espécies o adulto é encontrado no intestino delgado. Já os adultos de S. tumefaciens são encontrados em nódulos no intestino grosso. Contudo não foram encontrados relatos dessa espécie no Brasil. Há apenas relatos de infecção por S. stercoralis em gatos domésticos nesse país. O objetivo desse trabalho é descrever os aspectos patológicos do parasitismo por Strongyloides spp. em dois gatos da região amazônica, no estado do Pará. Os dois felinos foram encaminhados para necropsia, onde foram observados numerosos nódulos esbranquiçados no intestino grosso, medindo cerca de 0,2 cm de diâmetro. Os nódulos eram salientes na mucosa do cólon e continham um orifício puntiforme central voltado para o lúmen. Na microscopia os nódulos eram constituídos por projeções do epitélio da mu
Biblioteca responsável: BR68.1