Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

ESCHERICHIA COLI RESISTENTE A ANTIMICROBIANOS ISOLADA DE BOVINOS E AVES / ANTIMICROBIAL DRUG RESISTANT Escherichia coli FROM CATTLE AND POULTRY

STELLA, A. E.; VITOR, T. L.; GADELHA, D. F. B. G.; MOREIRA, C. N.; MEIRELLES-BARTOLI, R. B.; OLIVEIRA, A. F..
Ars vet; 29(4)2013.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1463125

Resumo

 Os antimicrobianos utilizados em animais de produção não atuam somente contra bactérias patogênicas, mas também contra bactérias comensais. Estas bactérias, especialmente aquelas populações do trato digestório, são constantemente expostas à ação dos antimicrobianos e consequentemente para sobreviverem desenvolvem resistência. Estes micro-organismos são ainda constantemente excretados no ambiente pelas fezes disseminando-se por outros ecossistemas. O presente trabalho teve como objetivo determinar os níveis de resistência das populações bacterianas comensais em bovinos e aves saudáveis. Foram coletadas amostras de suabe retal de 45 bovinos leiteiros e suabe cloacal de 80 frangos de corte. Um total de 179 cepas de Escherichia coli (aves=91, bovinos=88) foram isolada e identificadas através de testes bioquímicos, bem como foram submetidas a testes de sensibilidade frente aos antimicrobianos (KONEMAN, 2008; NCCLS, 2003). Os isolados oriundos do trato digestório das aves se mostraram mais resistentes aos antimicrobianos Eritromicina (96,7%), Ampicilina (84,6%), Estreptomicina (79,1%), Cefalotina (78,0%), S
Biblioteca responsável: BR68.1